Pular para o conteúdo principal

Jean Willys desafia cristãos e diz que o 2019 será regido por “Exu e Xangô”


Jean Willys falou sobre alguns orixás que segundo ele, irão reger o país em 2019.




O deputado federal Jean Willys (PSOL-RJ) fez uma publicação em suas redes sociais, alegando que o ano de 2019 será regido por Exu, Xangô e Iansã, orixás considerados deuses africanos.

Ele também aproveitou para mandar uma indireta ao pastor Silas Malafaia, ao citar que este ano, a justiça chegará aos “vendilhões do templo” que usam a igreja para lavar dinheiro sujo. Esse trecho estaria associado ao fato do pastor Silas Malafaia ter sido vítima de boatos, que o acusaram de ter usado a igreja para lavar dinheiro.


Leia a postagem do deputado na íntegra:

Desde muito cedo em minha vida, ainda muito menino mesmo, soube que mistérios existem e continuarão a existir, mesmo que seja próprio do ser pensante que a maioria de nós é tentar desvendar os mistérios que insistem em desafiar nossa consciência e razão. Sou, portanto, dos mistérios e eles me fascinam. Este ano, 2019, será regido por Exu, Xangô e Iansã. Quando soube disso, disse aos meus amigos mais íntimos e próximos: “Preparem-se: transformações profundas virão para alguns, estagnação completa para outros; a comunicação estabelecerá sólidas pontes em que muitos de nós atravessaremos, mas outros tantos se perderão no ruído que impede qualquer diálogo; tempestades reais e simbólicas vão arruinar velhas estruturas e não deixarão inteiros os deuses com pés de barro; e, sobretudo, os injustos e hipócritas pagarão caro por suas injustiças, cairão envergonhados diante de tribunais reais ou simbólicos – e desta justiça não escaparão nem mesmo os que se encarregam da justiça dos homens, mas não a respeitam” O ano mal começou. E um “mito” e sua quadrilha já começam a sucumbir. Ladrões do erário, propagadores de ódio e de difamação, estão recebendo o troco por todo o mal que fizeram até aqui. E mesmo que a legião de imbecis que lhes segue queira se enganar, não há volta: a justiça prosseguirá. O que restará a essa gente odiosa, para que seja minimamente coerente, é rever seu slogan preferido – “Bandido bom é bandido morto!” – caso desejem ver os escombros que restarão dos bandidos de colarinho branco e apologistas da tortura vivos!


 
Aliás, estou aguardando da ignorante e excessivamente maquiada Rachel Sheherazade um pronunciamento no mínimo tão contundente quanto o proferido contra o adolescente negro por ter supostamente roubado um celular e, por isso, ter sido linchado em plena luz do dia e atado, sangrando, a um poste por uma trava de bicicleta.


 
A justiça também não tardará aos vendilhões do templo que usam igrejas para lavar dinheiro sujo e, com o propósito de esconder tal ilícito, propagam discurso de ódio contra gays, lésbicas e transexuais que seduzem até mesmo bichas, travestis e sapatões racistas e que conservam ódio de classe.

Fonte: Gospel Geral


 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

POLÍTICA SOCIAL Vergonha para os baianos: dos 100 piores municípios para se viver em todo país, quase metade desses estão no estado da Bahia

Foto: Jucuruçu, no extremo sul da Bahia, é citado na lista Quatro em cada dez cidades brasileiras consideradas as piores para se viver ficam na Bahia. A informação é baseada em um relatório divulgado anualmente pela Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan), que considera um índice similar ao IDH-M (Índice de Desenvolvimento Humano Municipal, que avalia longevidade, educação e renda da população) da Organização das Nações Unidas. O Índice Firjan de Desenvolvimento Municipal (IFDM) acompanha o desenvolvimento socioeconômico de todos os mais de 5 mil municípios brasileiros também em três áreas de atuação: emprego e renda, educação e saúde. O índice varia de 0 (mínimo) a 1 ponto (máximo) e quanto mais próximo de 1, maior o desenvolvimento da localidade. De acordo com os dados da Firjan, 55,2% do total das cidades possuem desenvolvimento moderado, e 1,9% (106 cidades) estão com baixo desenvolvimento, ou seja, abaixo de 0,4. Apenas 332 cidades (6% do total) possuem alto d

Mais um que apoia o Partido das Trevas: Pastor Daniel Elias da Assembleia de Deus vira garoto propaganda do PT para atrair evangélicos

O pastor é uma das armas do PT para se infiltrar nas igrejas evangélicas Pastor Daniel Elias (Reprodução) A nova estratégia do PT (Partido dos Trabalhadores), para ter um melhor desempenho nas eleições municipais de 2020, é a aproximação dos evangélicos. A pedido do ex-presidente Lula, o partido está criando núcleos evangélicos nos estados para tentar conquistar a classe evangélica que já provou que pode fazer a diferença nas urnas. Uma das armas do PT para se infiltrar nas igrejas é o pastor da Assembleia de Deus de Duque de Caxias RJ, Daniel Elias. O líder religioso é militante do PT e discípulo fiel de Lula. Há um ano ele virou notícia em todo país quando viajou até Curitiba, no Paraná, para realizar um ato profético em favor do ex-presidente que estava preso na carceragem da Polícia Federal (PF). Daniel Elias, de 38 anos, ungiu o cadeado do portão da sede da PF. O pastor admite que a articulação enfrenta dificuldades.  “O grupo ligado à direita chegou primeiro

Pastor Josué Brandão pede licença da presidência da Conframadeb para tratar de assuntos pessoais e da saúde

Devido ao grande trabalho em viagens, estudos bíblicos, palestras e manutenção de missionários em toda a Bahia e até fora do estado, o conferencista internacional, Pr. Josué Brandão, pede licença de seu cargo como presidente da CONFRAMADEB, Convenção Fraterna dos ministros das Igrejas Evangélicas Assembleias de Deus no Estado da Bahia. Segundo o site de fofoca, O Buxixo Gospel, há comentários de uma suposta infidelidade conjugal. No entanto, nenhuma acusação chegou até a diretoria da Conframdeb acusando-o, segundo um membro da diretoria da convenção. "Colocar em rede sociais uma suposta infidelidade, dita por um suposto membro e sem nenhuma comprovação, é uma irresponsabilidade sem tamanho. Ainda que fosse verdade, isso será averiguado quando houver denúncia formalizada, não deveria expor a imagem de ninguém nessa situação", um membro da diretoria.    Pr. Josué Brandão Nesta imagem acima, o pastor Josué Brandão ministrando um batismo na cidade de Brumad