Notícias do Mundo Inteiro

Header Ads

Jean Wyllys desiste de mandato e deixa o Brasil

Que notícia boa para o Brasil

“Me apavora saber que o filho do presidente contratou no seu gabinete a esposa e a mãe do sicário”, afirmou o deputado.

Vitimismo e mimi do deputado que cuspiu em Jair Bolsonaro e defende a esquizofrênica Ideologia de Gênero


 Jean Wyllys


O deputado federal reeleito com apenas 24.295 votos, mais uma vez se vitima e alega deixa o mandato e mudar do Brasil. O parlamentar alegou em entrevista ao jornal esquerdista, Folha de São Paulo, que está abrindo mão do seu mandato de deputado federal por que está com medinho.

Segundo ele, as ameaças que tem recebido, o coloca vulnerável mesmo estando com segurança armada (ele e o partido querem o desarmamento da polícia, mas anda com segurança armado).


Na entrevista disse que vai voltar a atuar como professor (assim será mais fácil a doutrinação esquerdista na sala de aula).


Wyllys anda escoltado desde março do ano passado, após a morte da vereadora Marielle Franco, quando as ameaças contra ele se intensificaram.

Está apavorado, por que, segundo ele, a mãe de um ex-policial, hoje investigado como miliciano, ter feito parte do quadro de funcionários do deputado estadual Flávio Bolsonaro, hoje eleito senador pelo Rio de Janeiro.

Ele tem pavor de Jair Bolsonaro como presidente do Brasil, já que os dois são inimigos pessoais. Diz ele que "esse ambiente não é seguro para mim". O Brasil te agradece, vá em paz e não volte mais.

Adapitado


Postar um comentário

0 Comentários