Notícias do Mundo Inteiro

Header Ads

Lutando contra o adversário errado

O ser humano retira Deus da equação, zomba dos valores dEle, começa a lutar contra as leis de Deus e acha que vai ficar tudo bem?

Foto: Katerina Kerdi/Unsplash
Foto: Katerina Kerdi/Unsplash

Esses dias vi um meme que define bem a revolta desta geração. Uma garota muito brava vomitava palavras iradas, falando mais ou menos isso: “Eu sou assim, grito mesmo, sou sincera, não levo desaforo pra casa, se quiser tem que ser do meu jeito.” A garota olhava pra cima, supostamente se dirigia a Deus. Então, no quadrinho seguinte vinha descendo dos céus um anjo, calmo, com semblante sereno, e simplesmente entregava um papel dobrado à garota. Ao abrir o papel, a resposta dos céus dizia: “Isso não é ser sincera, é ser mal-educada mesmo!”

Olhei a minha volta e pensei, esse meme é muito atual. Pense nas marchas pró qualquer coisa ou causa. Tente ouvir as palavras de ordem e ler os slogans das faixas e cartazes. Se você não lembra de nenhum, vou te ajudar citando alguns: “Meu corpo, minhas regras”, “Prefiro a erva verde do que a tarja preta”, “Legalize o cultivo caseiro”, “Meu útero é laico”...

Veja as brigas que brigam várias famílias. Violências verbais, psicológicas, físicas. Uma mistura de filosofias mancas vai entrando pela TV, internet, iPhone, portais, mídias e fazendo ruir as convicções da aliança um dia idealizada. Na última década, segundo o IBGE e vários sites especializados no tema, o divórcio cresceu 160%, inclusive entre cristãos. A frase batida, repetida e que condensa as muitas razões e justificativas entre os casais é esta: “Eu nasci pra ser feliz, eu mereço ser feliz”.

O ódio entre semelhantes é assustador. Mata-se por causa de futebol. Famílias se dividem por causa de política. Esquarteja-se por causa de um celular. Sacrifica-se crianças para satisfazer a sede de sangue de... deuses. O ego comanda. O eu precisa ser satisfeito em toda sua loucura.

Em todas essas lutas, desconheço vitoriosos, não conheço um mísero orgulhoso que tenha tido vitória. Só vejo gente perdendo, apanhando, quebrando a cara, o estômago e a alma. Só vejo gente arrebentada, sem esperança, insensível, irracional, sem ter para onde correr e blasfemando contra os céus, exatamente como a garota do meme lá do início do meu texto.

É sério mesmo? O ser humano retira Deus da equação, zomba dos valores dEle, começa a lutar contra as leis de Deus e acha que vai ficar tudo bem? Ainda que não saiba, ao desprezar a família, o próximo, a justiça, a integridade de caráter e partir para ações que se opõem a tais valores orientados por Deus, é contra o próprio Deus que esta sociedade está lutando.

Se querem insistir na revolta suicida, insistam. Mas o final já está escrito, derrota seguida de derrota a cada dia. Quando foram levados pelos guardas do Sinédrio, Pedro e os outros apóstolos deram uma banana para a cultura e defenderam os valores da sua fé. Fariseus e saduceus com um misto de inveja, ira e fúria queriam matá-los por conta das convicções que defendiam. Um deles, no entanto, guiado por Deus, usou um argumento milimétrico que abriu os olhos dos acusadores e livrou os apóstolos: “Deixem estes homens em paz e soltem-nos. Se o propósito ou atividade deles for de origem humana, fracassará; se proceder de Deus, vocês não serão capazes de impedi-los, pois se acharão lutando contra Deus.” Atos 5:38-39.

Compreendeu o argumento de Gamaliel? Lutar contra Deus é lutar para perder. Se por acaso você está lutando lutas que não honram a Deus, prejudicam o inocente, roubam o honesto, humilham gratuitamente o outro, traem quem te ama, enganam quem acreditou em você, saiba que está lutando contra Deus e que a derrota é só uma questão de tempo.

Pare de fugir. Lute as lutas certas. Deponha as armas condenadas por Deus: mentira, calúnia, falso testemunho, arrogância. Blaise Pascal tem duas perguntas que precisamos responder: “Se o homem não foi feito por Deus, por que ele só é feliz em Deus? Se o homem foi feito por Deus, por que ele se opõe tanto a Deus?”

Essa geração precisa da nossa oração e amor, pois não é contra carne ou sangue que lutamos. Essa geração precisa abrir os olhos espirituais e perceber que ao dar ouvidos a satanás, automaticamente fica em luta contra Deus, e perde. Quando, porém, passa a lutar ao lado de Deus, vence. E é por isso que o inferno faz de tudo para não perder aqueles que domina, porque sabe que uma vez o homem em Cristo, restará para as trevas uma só situação, sabida desde sempre, derrota. E aí? Que tal concentrar esforços em lutar contra aquele que de fato é adversário?

Edmilson Ferreira Mendes é teólogo. Atua profissionalmente há mais de 20 anos na área de Propaganda e Marketing. Voluntariamente, exerce o pastorado há mais de dez anos. Além de conferencista e preletor em vários eventos, também é escritor, autor de quatro livros: '"Adolescência Virtual", "Por que esta geração não acorda?", "Caminhos" e "Aliança".

* O conteúdo do texto acima é de total responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a opinião do Gospel Urgente

Fonte: Guiame

Postar um comentário

0 Comentários