Pular para o conteúdo principal

China declara islamismo “tumor incurável”

* Cobras engolindo cobras


A China vê o islamismo como um problema crescente e aumentou suas ações contra os muçulmanos uigures no país. De acordo com autoridades da ONU e dos EUA, cerca de um milhão de muçulmanos foram colocados em campos de concentração chineses até agora.
Detentos disseram que nos campos os muçulmanos são forçados a rejeitar o islamismo e aprender canções do Partido Comunista todos os dias. Outros relatos dizem que os presos são obrigados a comer carne de porco e a beber álcool.
Embora os campos tenham sido inicialmente criados para combater o extremismo dos muçulmanos uigures, agora até uma longa barba — como parte de uma identidade muçulmana — pode resultar no envio para um campo de reeducação. A consequência é que quase todos os muçulmanos uigures correm o risco de serem mandados embora para “reeducação.”
A rádio oficial do Partido Comunista da China transmitiu:
“Membros do público que foram escolhidos para reeducação foram infectados por uma doença ideológica. Eles foram infectados com extremismo religioso e violenta ideologia terrorista e, portanto, precisam buscar tratamento em um hospital como paciente internado.”
“A ideologia extremista religiosa é um tipo de remédio venenoso, que confunde a mente das pessoas… Se não erradicarmos o extremismo religioso em suas raízes, os incidentes terroristas violentos crescerão e se espalharão como um tumor maligno incurável,” disse o comunicado de rádio transmitido via WeChat aos uigures no ano passado.
Depois de ser confrontada por uma comissão da ONU, uma autoridade chinesa disse que “não existe nenhum centro de reeducação” na China.
Segundo James Millward, professor de história chinesa na Universidade de Georgetown, “a crença religiosa é vista como patologia.”
“Então, agora eles estão chamando os campos de reeducação de ‘hospitais’ destinados a curar o pensamento. É como uma inoculação, um procedimento médico de busca e destruição que eles querem aplicar a toda a população uighur, para matar os germes do extremismo,” acrescenta Millward.
O professor pode estar certo, pois um trecho posterior da transmissão de áudio mostra que não é necessário cometer um crime, mas a própria ideologia islâmica já é considerada extremista:
“Embora certo número de pessoas que foram doutrinadas com ideologia extremista não tenha cometido nenhum crime, elas já estão infectadas pela doença. Há sempre o risco de a doença se manifestar a qualquer momento, o que causaria sérios danos ao público. É por isso que eles devem ser internados em um hospital de reeducação a tempo de tratar e limpar o vírus de seu cérebro e restaurar sua mente normal.”
*Pensamento crítico 
Traduzido por Julio Severo do original em inglês do site conservador Voz da Europa: China declares Islam an ‘incurable tumour’ and a ‘poisonous medicine’
Fonte: www.juliosevero.com

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Quem são os 7 pastores mais respeitados do Mundo; Saiba agora

Não é uma tarefa tão fácil escolher entre tantos o 7 pastores mais respeitados do Brasil. Com certeza alguém poderá ficar de fora, outra questão é escolher entre as tantas linhas religiosas que existem Não é uma tarefa tão fácil escolher entre tantos o 7 pastores mais respeitados do Brasil. Com certeza alguém poderá ficar de fora, outra questão é escolher entre as tantas linhas religiosas que existem. Outra pergunta é: Ele é tão bom, se é! Por que é? Ou é escolhido bom apenas pela sua fama? Muitas vezes o bom é aquele que contraria as multidões, mas o bom pode também estar entre as multidões, “Não devemos esquecer que por se tratar da Palavra de Deus, o discurso do pregador deve ser embasado nas Escrituras sempre” então fica ai minha dica e junto também uma de suas mensagem. No VÍDEO abaixo você vai conferir os nomes dos pastores que o Brasil inteiro conhece. São pastores de grandes ministérios que contem números altos de fieis sobre a presença de Deus. Hoje nas

Mais um que apoia o Partido das Trevas: Pastor Daniel Elias da Assembleia de Deus vira garoto propaganda do PT para atrair evangélicos

O pastor é uma das armas do PT para se infiltrar nas igrejas evangélicas Pastor Daniel Elias (Reprodução) A nova estratégia do PT (Partido dos Trabalhadores), para ter um melhor desempenho nas eleições municipais de 2020, é a aproximação dos evangélicos. A pedido do ex-presidente Lula, o partido está criando núcleos evangélicos nos estados para tentar conquistar a classe evangélica que já provou que pode fazer a diferença nas urnas. Uma das armas do PT para se infiltrar nas igrejas é o pastor da Assembleia de Deus de Duque de Caxias RJ, Daniel Elias. O líder religioso é militante do PT e discípulo fiel de Lula. Há um ano ele virou notícia em todo país quando viajou até Curitiba, no Paraná, para realizar um ato profético em favor do ex-presidente que estava preso na carceragem da Polícia Federal (PF). Daniel Elias, de 38 anos, ungiu o cadeado do portão da sede da PF. O pastor admite que a articulação enfrenta dificuldades.  “O grupo ligado à direita chegou primeiro

IRMÃ DULCE, SANTA? SERÁ? IRMÃ DULCE E O SEU LADO OBSCURO

IRMÃ DULCE E O SEU LADO OBSCURO Retrato de Irmã Dulce Deixar de reconhecer que a D. Maria Rita de Souza Brito Lopes Pontes, filha de Augusto Lopes Pontes e de Dulce Maria de Souza Brito, conhecida mundialmente como Irmã Dulce, fez um trabalho filantrópico, sacrificial, e altruísta, é ser um ignorante, tendencioso e ingrato. Nascida em 26 de maio de 1914, na capital baiana, e falecida no dia 13 de março de 1992,  foi uma religiosa católica brasileira que dedicou a sua vida a ajudar os doentes e os mais necessitados. Foi beatificada pelo Papa Bento XVI, no dia 10 de dezembro de 2010, passando a ser reconhecida com o título de "Bem-aventurada Dulce dos Pobres". Será canonizada pelo Papa Francisco em uma celebração no Vaticano no dia 13 de outubro de 2019. Por ser muito jovem ela foi recusada pelo Convento de Santa Clara. Formou-se em professora primaria em 08 de fevereiro de 1932 e um ano após entrou para a Congregação Irmãs Missionárias da Imaculada Conceição de D