Pular para o conteúdo principal

Fofinhos e perigosos



FOFINHOS E PERIGOSOS





Você sabia que existem mais cachorros, nos lares brasileiros, que crianças?

Segundo uma pesquisa realizada pelo IBGE, há uma população de cachorros em domicílios de 52,2; isto dá uma média de 1,8 cachorro por domicílio. Ou seja, existem mais cachorros que crianças nas casas dos brasileiros. Já os gatos são 22,1 milhões em domicílios. Estes dados são de 2013.

Esses animais por mais carinhosos, bonitos e alegres que possam ser, são um grande perigo para a nossa saúde. As doenças mais comuns que eles transmitem para as pessoas são: Giardíase, Bicho-geográfico, Toxoplasmose, Leishmaniose e a Raiva. 


Resultado de beijar cachorro na boca

Isso é muito perigoso e nojento

Toxoplasmose - doença transmitida pelo gato

Depois vai beijar a namorada


10 Doenças transmitidas por animais



Agora veja o que diz o site biovet em relação dessas doenças: 

1. Giardíase

Entre as principais verminoses transmitidas por animais domésticos está a giardíase, causada pelo protozoário Giardia spp.
Seu contágio acontece tanto do animal doméstico para o homem quanto vice-versa, e é desencadeado pela ingestão de alimentos ou água contaminada pelos cistos (também conhecidos como ovos) do protozoário. Esses cistos também podem ser encontrados na pelagem dos animais.

Tratamento

O tratamento é longo, pois em muito casos a medicação é incapaz de combater a doença na primeira tentativa. Além disso, o risco de recontaminação é grande. Por isso, é indispensável o diagnóstico preciso — feito a partir de exame de fezes — para que o tratamento seja iniciado o quanto antes.

Prevenção

As medidas de prevenção também são de suma importância para cuidar dos bichinhos. Entre elas, temos:
  • a higienização do ambiente em que o animal de estimação fica e se alimenta;
  • o cuidado no momento de retirar as fezes;
  • a vermifugação regular do pet;
  • a higienização das mãos sempre que interagir com seu amigo de quatro patas.

2. Bicho-geográfico

Também conhecido como Larva migrans cutânea, o bicho-geográfico está presente no intestino de cães e gatos infectados. Nos humanos, causa uma dermatozoonose cujo os principais sintomas são irritação, coceira e um aspecto de contorno de mapa no local da lesão.
Nos animais domésticos, a transmissão acontece de um pet para outro, por via oral, cutânea ou placentária. Já os humanos são infectados pelo contato direto com as larvas, presentes no solo contaminado pelas fezes dos animais doentes, como gramados, quintais e jardins.

Tratamento

Geralmente, a contaminação desaparece espontaneamente do organismo, cerca de quatro a oito semanas após o início da infecção. Em alguns casos, é indicado o uso de medicamentos antiparasitários, ou mesmo de anti-inflamatórios, além do uso de gelo para controlar a coceira.

Prevenção

Além da vermifugação regular, é preciso evitar a ida dos animais à praia e dificultar o seu acesso a tanques de areia em que há a presença de crianças. Já para a família, é importante andar descalço somente em locais cuja higienização é conhecida, tomando o cuidado, logo após, de lavar os pés com água fria.

3. Toxoplasmose

Causada pelo protozoário Toxoplasma gondii, presente nas fezes de gatos contaminados, essa é uma doença infecciosa grave para as gestantes (causando danos irreversíveis ao feto, como microcefalia e alterações oculares) e pessoas com baixa imunidade (levando à morte).

Tratamento

Em pacientes com sistema imunológico competente, a doença regride naturalmente. Já para os imunodeprimidos, o tratamento medicamentoso é indicado, e para as gestantes é preciso um acompanhamento mais próximo durante o pré-natal, para evitar que a doença seja transmitida ao feto.

Prevenção

O principal cuidado para evitar que o bichano contraia o protozoário é não permitir que eles tenham acesso à rua e garantir uma alimentação exclusivamente baseada em ração.
Para os humanos, o ideal é evitar o contato com as fezes dos gatos, ficando sempre atento à higienização após essa manipulação. A higiene deve ser observada, também, no preparo dos alimentos, e deve-se evitar sempre que possível o consumo de carne mal passada.

4. Leishmaniose

A leishmaniose é uma doença de caráter zoonótico que acomete o homem e diversas espécies de animais silvestres e domésticos. Causada por protozoários do gênero leishimania, a doença pode causar danos fatais aos seres humanos, como úlceras na pele e órgãos (nesse caso, é fatal em cerca de 90% dos casos).
Sua transmissão acontece quando o animal é infectado pelo protozoário a partir da picada do mosquito-palha contaminado. Quando o mesmo mosquito pica o homem, este também é infectado pela doença.

Prevenção

Evitar que o animal seja picado pelo mosquito ainda é o tratamento preventivo mais eficaz. Para tanto, usa-se coleiras repelentes, sem cheiro.

5. Raiva

A mais grave de todas as zoonoses listadas até aqui, a raiva é uma infecção viral que ataca o sistema nervoso e pode causar a inflamação do cérebro, levando o indivíduo à morte bem rapidamente. A doença é transmitida ao seres humanos por mordida, lambida ou ferida feita pelo bichinho contaminado.
Até 2016, a OMS considerava controlada a infecção de animais domésticos em várias partes do mundo. A partir dessa data, porém, alguns casos foram registrados no Brasil (mais precisamente na região norte), levantando novamente a bandeira em direção dessa patologia tão severa.

Tratamento

Com um nível de mortalidade próximo de 100%, o tratamento da raiva ainda não é comprovado. Alguns pacientes se curaram pela vacinação preventiva logo que foram expostos ao vírus, outros, por terem sido submetidos a um protocolo cujo objetivo é induzir o coma para tratar a doença, a fim de evitar o óbito.

Prevenção

Nesse caso, manter a carteira de vacinação sempre em dia e evitar que os seus pets tenham contato com animais de rua e silvestres é a melhor maneira de prevenir o contágio da raiva.

A importância da vermifugação

Para evitar as zoonoses, manter seus pets sempre vermifugados é a estratégia mais saudável. É importante que ela seja feita corretamente (três doses anuais: verão, primavera e inverno) e que os medicamentos sejam desenvolvidos por empresas especializadas em pets. Assim, é garantido que seu amigo e toda a sua família estarão protegidos!
Ser um petlover é zelar pela saúde dos pets com muita atenção e cuidado. Por isso, não se descuide! Como vimos, doenças transmitidas por animais domésticos podem ser graves, causando danos irreversíveis a toda a família — nesse caso, a prevenção é sempre o melhor remédio.
Fonte: Adaptado do site biovet/Fotos da Web










Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

POLÍTICA SOCIAL Vergonha para os baianos: dos 100 piores municípios para se viver em todo país, quase metade desses estão no estado da Bahia

Foto: Jucuruçu, no extremo sul da Bahia, é citado na lista Quatro em cada dez cidades brasileiras consideradas as piores para se viver ficam na Bahia. A informação é baseada em um relatório divulgado anualmente pela Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan), que considera um índice similar ao IDH-M (Índice de Desenvolvimento Humano Municipal, que avalia longevidade, educação e renda da população) da Organização das Nações Unidas. O Índice Firjan de Desenvolvimento Municipal (IFDM) acompanha o desenvolvimento socioeconômico de todos os mais de 5 mil municípios brasileiros também em três áreas de atuação: emprego e renda, educação e saúde. O índice varia de 0 (mínimo) a 1 ponto (máximo) e quanto mais próximo de 1, maior o desenvolvimento da localidade. De acordo com os dados da Firjan, 55,2% do total das cidades possuem desenvolvimento moderado, e 1,9% (106 cidades) estão com baixo desenvolvimento, ou seja, abaixo de 0,4. Apenas 332 cidades (6% do total) possuem alto d

Mais um que apoia o Partido das Trevas: Pastor Daniel Elias da Assembleia de Deus vira garoto propaganda do PT para atrair evangélicos

O pastor é uma das armas do PT para se infiltrar nas igrejas evangélicas Pastor Daniel Elias (Reprodução) A nova estratégia do PT (Partido dos Trabalhadores), para ter um melhor desempenho nas eleições municipais de 2020, é a aproximação dos evangélicos. A pedido do ex-presidente Lula, o partido está criando núcleos evangélicos nos estados para tentar conquistar a classe evangélica que já provou que pode fazer a diferença nas urnas. Uma das armas do PT para se infiltrar nas igrejas é o pastor da Assembleia de Deus de Duque de Caxias RJ, Daniel Elias. O líder religioso é militante do PT e discípulo fiel de Lula. Há um ano ele virou notícia em todo país quando viajou até Curitiba, no Paraná, para realizar um ato profético em favor do ex-presidente que estava preso na carceragem da Polícia Federal (PF). Daniel Elias, de 38 anos, ungiu o cadeado do portão da sede da PF. O pastor admite que a articulação enfrenta dificuldades.  “O grupo ligado à direita chegou primeiro

Quem são os 7 pastores mais respeitados do Mundo; Saiba agora

Não é uma tarefa tão fácil escolher entre tantos o 7 pastores mais respeitados do Brasil. Com certeza alguém poderá ficar de fora, outra questão é escolher entre as tantas linhas religiosas que existem Não é uma tarefa tão fácil escolher entre tantos o 7 pastores mais respeitados do Brasil. Com certeza alguém poderá ficar de fora, outra questão é escolher entre as tantas linhas religiosas que existem. Outra pergunta é: Ele é tão bom, se é! Por que é? Ou é escolhido bom apenas pela sua fama? Muitas vezes o bom é aquele que contraria as multidões, mas o bom pode também estar entre as multidões, “Não devemos esquecer que por se tratar da Palavra de Deus, o discurso do pregador deve ser embasado nas Escrituras sempre” então fica ai minha dica e junto também uma de suas mensagem. No VÍDEO abaixo você vai conferir os nomes dos pastores que o Brasil inteiro conhece. São pastores de grandes ministérios que contem números altos de fieis sobre a presença de Deus. Hoje nas