Pular para o conteúdo principal

Cercada por militares, cristãos fazem oração e impedem o fechamento de igreja



Resultado de imagem para igreja perseguida

Localizada na África do Norte, a Argélia – oficialmente República Argelina Democrática e Popular – possui 99% da sua população de 40 milhões de habitantes seguindo a religião muçulmana. Por causa disso, manter uma igreja no país não é tarefa fácil para os cristãos locais.

Exemplo disso foi uma tentativa recente, no último dia 25, das autoridades do governo de querer fechar uma igreja localizada em Ighzer Amokrane, a 192 quilômetros ao leste de Argel, que possui cerca de 300 membros cristãos.

Um grupo de militares armados chegou ao local pela manhã, mas como os líderes da igreja já haviam tomado conhecimento da ordem para fechar o templo, eles se reuniram no local à espera dos militares.
Estiveram no local um membro do conselho do grupo legalmente reconhecido de igrejas protestantes na Argélia, a Igreja Protestante da Argélia (l’Église Protestante d’Algérie, ou EPA) e seus advogados, todos com o apoio de outras 33 igrejas cristãs.
Enquanto o advogado Wahab Chiter questionava a ordem de fechamento do templo aos militares, os cristãos reunidos no templo, liderados pelo pastor Salah Chalah, oravam a Deus por uma solução pacífica. Eles se recusaram a sair do local, pois disseram que a ação do governo seria injusta.
O comandante da brigada de militares decidiu, por fim, ligar para o seu superior, que marcou um encontro com os líderes da igreja, ordenando a retirada dos militares, segundo o Morning Star News.
“O que acabou de acontecer foi um feito para a igreja argelina”, disse um dos líderes da igreja Ighzer Amokrane, Idjouadiene Madjid. “Permanecemos confiantes no Senhor. A mão que assinou a ordem de fechamento terminará assinando o decreto de seu cancelamento. Eu tenho uma garantia firme disso”.
Contexto
Desde o final de 2017 o governo da Argélia tem iniciado uma campanha contra a permanência de igrejas “clandestinas” no país. Para funcionar legalmente, os líderes precisam obter uma licença fornecida pelo governo.
Entretanto, essa licença dificilmente é fornecida, de modo que a Lei 03/06 que regulamenta o funcionamento dessas igrejas na Argélia serve muito mais como um pretexto para a perseguição religiosa aos cristãos.
“A maioria das igrejas da EPA foi desafiada a provar que está licenciada de acordo com uma portaria de 2006 [Lei 03/06] que estipula que todo culto não-muçulmano deve ser realizado em prédios especialmente designados para esse fim”, segundo um comunicado de imprensa do MEC.
Fonte: Gospel+

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Quem são os 7 pastores mais respeitados do Mundo; Saiba agora

Não é uma tarefa tão fácil escolher entre tantos o 7 pastores mais respeitados do Brasil. Com certeza alguém poderá ficar de fora, outra questão é escolher entre as tantas linhas religiosas que existem Não é uma tarefa tão fácil escolher entre tantos o 7 pastores mais respeitados do Brasil. Com certeza alguém poderá ficar de fora, outra questão é escolher entre as tantas linhas religiosas que existem. Outra pergunta é: Ele é tão bom, se é! Por que é? Ou é escolhido bom apenas pela sua fama? Muitas vezes o bom é aquele que contraria as multidões, mas o bom pode também estar entre as multidões, “Não devemos esquecer que por se tratar da Palavra de Deus, o discurso do pregador deve ser embasado nas Escrituras sempre” então fica ai minha dica e junto também uma de suas mensagem. No VÍDEO abaixo você vai conferir os nomes dos pastores que o Brasil inteiro conhece. São pastores de grandes ministérios que contem números altos de fieis sobre a presença de Deus. Hoje nas

Mais um que apoia o Partido das Trevas: Pastor Daniel Elias da Assembleia de Deus vira garoto propaganda do PT para atrair evangélicos

O pastor é uma das armas do PT para se infiltrar nas igrejas evangélicas Pastor Daniel Elias (Reprodução) A nova estratégia do PT (Partido dos Trabalhadores), para ter um melhor desempenho nas eleições municipais de 2020, é a aproximação dos evangélicos. A pedido do ex-presidente Lula, o partido está criando núcleos evangélicos nos estados para tentar conquistar a classe evangélica que já provou que pode fazer a diferença nas urnas. Uma das armas do PT para se infiltrar nas igrejas é o pastor da Assembleia de Deus de Duque de Caxias RJ, Daniel Elias. O líder religioso é militante do PT e discípulo fiel de Lula. Há um ano ele virou notícia em todo país quando viajou até Curitiba, no Paraná, para realizar um ato profético em favor do ex-presidente que estava preso na carceragem da Polícia Federal (PF). Daniel Elias, de 38 anos, ungiu o cadeado do portão da sede da PF. O pastor admite que a articulação enfrenta dificuldades.  “O grupo ligado à direita chegou primeiro

IRMÃ DULCE, SANTA? SERÁ? IRMÃ DULCE E O SEU LADO OBSCURO

IRMÃ DULCE E O SEU LADO OBSCURO Retrato de Irmã Dulce Deixar de reconhecer que a D. Maria Rita de Souza Brito Lopes Pontes, filha de Augusto Lopes Pontes e de Dulce Maria de Souza Brito, conhecida mundialmente como Irmã Dulce, fez um trabalho filantrópico, sacrificial, e altruísta, é ser um ignorante, tendencioso e ingrato. Nascida em 26 de maio de 1914, na capital baiana, e falecida no dia 13 de março de 1992,  foi uma religiosa católica brasileira que dedicou a sua vida a ajudar os doentes e os mais necessitados. Foi beatificada pelo Papa Bento XVI, no dia 10 de dezembro de 2010, passando a ser reconhecida com o título de "Bem-aventurada Dulce dos Pobres". Será canonizada pelo Papa Francisco em uma celebração no Vaticano no dia 13 de outubro de 2019. Por ser muito jovem ela foi recusada pelo Convento de Santa Clara. Formou-se em professora primaria em 08 de fevereiro de 1932 e um ano após entrou para a Congregação Irmãs Missionárias da Imaculada Conceição de D