Pular para o conteúdo principal

“Deus me deixou viva para mostrar que é possível mudar”, diz Andressa Urach

A ex-modelo lançou seu segundo livro, “Desejos da Alma”, durante a Expo Cristã em São Paulo.

Andressa Urach. (Foto: Leiliane Roberta / Gospel Prime)

Com os cabelos escuros e mais curtos, Andressa Urach chegou pontualmente às 14h para iniciar a tarde de autógrafos de seu novo livro, “Desejos da Alma”, fazendo o lançamento oficial na 15ª Expo Cristã, em São Paulo.

Vestida com calça e blazer rosas, Andressa pediu para contar seu testemunho rapidamente antes de iniciar a coletiva de imprensa e atender dezenas de leitores que estavam no estande da UNIPRO com seus exemplares em mãos.
Suas primeiras palavras foram: “Eu não sou mais aquela mulher da Fazenda. Aliás, quero pedir perdão a vocês pelo que vocês assistiram”.
Há quatro anos Andressa se tornou evangélica, sua conversão foi após uma complicação de saúde que a levou a morte.
Ela realmente morreu, seu coração parou de bater por alguns minutos e antes de ela voltar a viver, ela viu um espírito mal indo buscar a sua alma e desde então resolveu mudar de vida.
“Deus me deixou viva para mostrar que é possível mudar”, declarou ela. E durante a entrevista concedida exclusivamente ao Gospel Prime, Andressa falou sobre essas mudanças.
Livre das drogas, ela mudou completamente suas atitudes e também a sua aparência.
Aquele olhar rápido e a fala cheia de palavrões que foram mostrados na 6ª edição do reality show da Rede Record, não se parece nem de longe com a mulher de fala calma, que fala olhando para os olhos da entrevistadora, declarando a todo o tempo que teve um encontro com o Espírito Santo.
Foi essa experiência que a fez largar as drogas e se abster do sexo. Mas essa luta contra os desejos da alma não foi fácil, por isso ela resolveu transformar em livro essas experiências, inclusive a de ter se envolvido com seu ex-marido antes de estarem casados novamente.
“Isso não agrada a Deus [sexo antes do casamento], vai contra a Palavra e me trouxe muita culpa. Então eu acabei me casando, mas só de ser jugo desigual, como diz a Palavra de Deus, já estava errado. Eu fui ansiosa, eu achei que poderia converter qualquer pessoa. Eu sabia que não era a vontade de Deus e tentei reconstruir meu casamento com as minhas próprias mãos. O que começa errado, termina errado”.
A experiência foi difícil, mas lhe ensinou algo: “Não tem como você se casar com uma pessoa que não é da mesma fé. Eu senti isso na carne e digo que não vale a pena, você só vai se prejudicar espiritualmente”.
Questionada se sentia falta de algo que ela tinha no passado como a vida de glamour, festas e badalação, Andressa negou.
“O Senhor Jesus me completa, ele me ensinou a dar valor às coisas simples. Hoje eu gosto do silêncio, de estar em casa, não preciso sair de casa para estar feliz. Eu gosto de ficar em casa lendo a Bíblia, de estar com meu filho. Coisas que parece ser pequenas, mas que tem muita importância pra mim”, disse.
“O livro fala para as pessoas que ela não vai encontrar no mundo o que só Deus pode dar”, continuou ela. A ex-modelo buscava nas festas e nos vícios preencher um vazio da alma que hoje está ocupado pelo Espírito Santo.
Para chegar neste estado, ela contou com o apoio de pastores que a ajudaram a entender melhor as coisas espirituais, um acompanhamento que pra ela é muito importante que novos convertidos tenham.
“O livro fala para as pessoas que ela não vai encontrar no mundo o que só Deus pode dar”, continuou ela. A ex-modelo buscava nas festas e nos vícios preencher um vazio da alma que hoje está ocupado pelo Espírito Santo.
Para chegar neste estado, ela contou com o apoio de pastores que a ajudaram a entender melhor as coisas espirituais, um acompanhamento que pra ela é muito importante que novos convertidos tenham.
“A Bíblia diz que devemos ficar felizes por sermos perseguidos por conta do nome de Jesus. Isso quer dizer que estou agradando a Deus. Então, quanto mais falam de mim, mais eu entendo que estou agradando a Jesus e hoje eu sei que estou salva e a minha salvação é o meu bem mais precioso, sei que tudo aqui é passageiro”.
Fonte: Gospel Prime

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

POLÍTICA SOCIAL Vergonha para os baianos: dos 100 piores municípios para se viver em todo país, quase metade desses estão no estado da Bahia

Foto: Jucuruçu, no extremo sul da Bahia, é citado na lista Quatro em cada dez cidades brasileiras consideradas as piores para se viver ficam na Bahia. A informação é baseada em um relatório divulgado anualmente pela Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan), que considera um índice similar ao IDH-M (Índice de Desenvolvimento Humano Municipal, que avalia longevidade, educação e renda da população) da Organização das Nações Unidas. O Índice Firjan de Desenvolvimento Municipal (IFDM) acompanha o desenvolvimento socioeconômico de todos os mais de 5 mil municípios brasileiros também em três áreas de atuação: emprego e renda, educação e saúde. O índice varia de 0 (mínimo) a 1 ponto (máximo) e quanto mais próximo de 1, maior o desenvolvimento da localidade. De acordo com os dados da Firjan, 55,2% do total das cidades possuem desenvolvimento moderado, e 1,9% (106 cidades) estão com baixo desenvolvimento, ou seja, abaixo de 0,4. Apenas 332 cidades (6% do total) possuem alto d

Mais um que apoia o Partido das Trevas: Pastor Daniel Elias da Assembleia de Deus vira garoto propaganda do PT para atrair evangélicos

O pastor é uma das armas do PT para se infiltrar nas igrejas evangélicas Pastor Daniel Elias (Reprodução) A nova estratégia do PT (Partido dos Trabalhadores), para ter um melhor desempenho nas eleições municipais de 2020, é a aproximação dos evangélicos. A pedido do ex-presidente Lula, o partido está criando núcleos evangélicos nos estados para tentar conquistar a classe evangélica que já provou que pode fazer a diferença nas urnas. Uma das armas do PT para se infiltrar nas igrejas é o pastor da Assembleia de Deus de Duque de Caxias RJ, Daniel Elias. O líder religioso é militante do PT e discípulo fiel de Lula. Há um ano ele virou notícia em todo país quando viajou até Curitiba, no Paraná, para realizar um ato profético em favor do ex-presidente que estava preso na carceragem da Polícia Federal (PF). Daniel Elias, de 38 anos, ungiu o cadeado do portão da sede da PF. O pastor admite que a articulação enfrenta dificuldades.  “O grupo ligado à direita chegou primeiro

Quem são os 7 pastores mais respeitados do Mundo; Saiba agora

Não é uma tarefa tão fácil escolher entre tantos o 7 pastores mais respeitados do Brasil. Com certeza alguém poderá ficar de fora, outra questão é escolher entre as tantas linhas religiosas que existem Não é uma tarefa tão fácil escolher entre tantos o 7 pastores mais respeitados do Brasil. Com certeza alguém poderá ficar de fora, outra questão é escolher entre as tantas linhas religiosas que existem. Outra pergunta é: Ele é tão bom, se é! Por que é? Ou é escolhido bom apenas pela sua fama? Muitas vezes o bom é aquele que contraria as multidões, mas o bom pode também estar entre as multidões, “Não devemos esquecer que por se tratar da Palavra de Deus, o discurso do pregador deve ser embasado nas Escrituras sempre” então fica ai minha dica e junto também uma de suas mensagem. No VÍDEO abaixo você vai conferir os nomes dos pastores que o Brasil inteiro conhece. São pastores de grandes ministérios que contem números altos de fieis sobre a presença de Deus. Hoje nas