terça-feira, 17 de dezembro de 2019

Mais de 1 milhão de pessoas assinam abaixo-assinado contra o Porta dos Fundos e a Netflix

Integrantes do grupo respondem com mais desrespeito


Mais de um milhão e setecentas mil pessoas já assinaram o abaixo-assinado solicitando que a Netflix retire do ar o especial de Natal do grupo de humor Porta dos Fundos. O filme, intitulado “A Primeira Tentação de Cristo”, é considerado um ataque direto à fé cristã.
A indignação existe porque, na obra, o Senhor Jesus é retratado como um adolescente mimado que tem um relacionamento homossexual com o diabo. Além disso, Deus é representado como prepotente, arrogante e promíscuo. A obra ainda tem espaço para insultar os reis magos, mostrar Jesus utilizando drogas alucinógenas e ofender José e Maria.
“Isso é uma ofensa à fé de católicos, evangélicos, de cristãos, pois faz chacota de Cristo”, afirma o deputado estadual Altair Moraes (Republicanos). “Isso não se deu ao acaso, isso foi intencional para polemizar e ter audiência”.
O Domingo Espetacular do último domingo (15) apresentou uma reportagem especial sobre o caso. Confira:

Respostas debochadas

De fato, a resposta do grupo diante da indignação da população foi comemorar a audiência do vídeo. Em sua página no Facebook, o Porta dos Fundos publicou que “comemora o sucesso de mais uma criação de Deus: nosso Especial de Natal na Netflix, ‘A Primeira Tentação de Cristo’, continua cada vez mais poderosíssimo”.
Já o humorista Gregório Duvivier, um dos líderes do grupo, publicou: “Acho que fizemos algo errado, porque é muita pouca gente. Da próxima vez, acho que vale pegar mais pesado. O Porta tem quase 20 milhões de inscritos. 300 mil [número de assinantes da petição naquele momento] é um fiasco. Mas de qualquer jeito, vale pra medir a audiência. Pelo menos 300 mil pessoas viram. É mais que a base de apoio do Bolsonaro”.
netflix

Mais do que isso, ele utilizou sua coluna na Folha de São Paulo para escrever um texto como se fosse o próprio Senhor Jesus. Entre as ofensas da vez, ele escreveu:
“A novidade é que estão fazendo um abaixo-assinado em meu nome para proibir um especial de comédia ‘ofensivo’. Se ofende a mim, deixa comigo, pessoal.”
Desbocado e irônico, o personagem da crônica ainda afirma que “aquele 7 a 1 da Alemanha, por exemplo, foi coisa minha. Não aguentava mais aquela seleção de crente cantando gospel”.
Por fim, ele trata a própria Bíblia como se fosse um livro de piadas: “Eu era da turma do fundão. Muita coisa que eu disse, inclusive, foi pela zoeira. Esse negócio de passar camelo em buraco de agulha, por exemplo, em aramaico o pessoal se escangalhava de rir. Aquela brincadeira de transformar água em vinho era trote.”
Para a “piada” de Duvivier ser completa, o texto está ilustrado com a imagem ao lado.

Ataque à Universal

Católicos, espíritas e evangélicos se manifestaram contra a insultuosa obra do Porta dos Fundos. Todavia, o comediante Fábio Porchat decidiu atacar diretamente a Universal. Em seus stories no Instagram ele publicou imagens do Tratamento Para a Cura dos Vícios, ironizando o poder de libertação que a fé possui. Zombando, inclusive, do casal que deu seu testemunho e, certamente, não autorizou a exibição de sua imagem pelo humorista.
ssa é a postura de quem, neste Natal, está atacando diretamente a fé de milhões de brasileiros. Em 2018, o especial do Porta dos Fundos retratava o Senhor Jesus e Seus apóstolos como bêbados trapaceiros. Agora, o nível de desrespeito é ainda maior.
E é por isso que tantas pessoas, indignadas, estão assinando o abaixo-assinado. Clique aqui e saiba mais sobre ele.
Fonte:/www.universal.org

Deputado pede a Moro ação contra o Porta dos Fundos

De acordo com Julio Cesar Ribeiro, grupo cometeu crime ao "vilipendiar publicamente ato ou objeto de culto religioso"

Porta dos Fundos é alvo de críticas e boicotes por Especial de Natal Foto: Reprodução

O especial de Natal do Porta dos Fundos segue causando polêmica. Após o protesto de vários cristãos, o deputado federal Julio Cesar Ribeiro (Republicanos-DF) enviou um ofício ao ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, em que pede uma “apuração e representação criminal” contra o Porta dos Fundos. A informação foi dada pela coluna de Guilherme Amado na revista Época.

A Primeira Tentação de Cristo traz a sugestão de uma relação homossexual entre Jesus e Satanás e põe Deus, Maria e José como um triângulo amoroso. O vídeo foi lançado no dia 3 de dezembro na Netflix. De acordo com o parlamentar, o vídeo viola o artigo 208 do Código Penal, sobre “vilipendiar publicamente ato ou objeto de culto religioso”

A pena para o crime varia de um mês a a um ano de prisão ou ao pagamento de multa.

Fonte: Pleno News

sábado, 7 de dezembro de 2019

Igreja mostra pintura onde Adão e Eva foram substituídos no paraíso original por casais gays

Uma igreja em Malmö, na Suécia apresentou a pintura “Paraíso”, que mostra gays e lésbicas usando folhas de figueiras no Jardim do Éden.



A pintura foi inspirada na obra Adão e Eva, de 1528, do artista Lucas Cranach, o Velho (1472-1553).

A pintura que retrata “Adão e Steve e Madame e Eva” é de Elisabeth Ohlson Wallin, que é homossexual.
“É com orgulho e alegria que recebemos o Paraíso na Igreja de São Paulo. Precisamos de imagens que se abram para maior inclusão e identificação”.
“Somos gratos à arte de Elisabeth, que nos permite construir uma igreja que mostre que todos nós, independente de quem amamos e identificamos, somos acolhidos no Paraíso”, disse a igreja em comunicado.
Helena Myrstener, uma das pastoras da igreja, endossou o comunicado e escreveu no Twitter “estamos muitos felizes e orgulhosos”.
No entanto, muitos fiéis não aprovaram a pintura que mistura crença religiosa com ideologia.
Um deles escreveu: “Não se trata de valores cristãos, mas apenas de ativismo político. Vergonhoso!”
“Existem muitos líderes esclarecidos na Igreja sueca que são contra toda essa loucura. Infelizmente, a Igreja está politizada – com almas saqueadas e outras pessoas resistindo – espalhando sua praga por dentro”.
“A igreja deve ser a casa do Senhor. Não é uma arena… Que Deus nos perdoe”, escreveu uma sueca em seu Twitter.
Elisabeth Ohlson é lésbica assumida e costuma incorporar imagens religiosas em seus trabalhos; ela ilustrou Jesus ao lado de travestis e transexuais.
Fonte:bibliatodo.com.

10 princípios sobre a relação dos cristãos perante os episódios de natal da Netflix e Porta dos Fundos

COVARDES E BLASFEMADORES. ISSO NÃO É ARTE, É BLASFÊMIA.


1. Todo cristão tem a responsabilidade de ser “sal” nesse mundo (Mt 5.13), ou seja, evitar a putrefação constante de nossa sociedade. Portanto o engajamento cultural do cristão é uma obrigação.
2. Esse engajamento cultural deve ocorrer através da pregação do evangelho e das nossas boas obras.
3. Devemos reconhecer e exaltar bondade, verdade e beleza em nossa cultura e ao mesmo tempo “odiar o que é mal” (Rm 12.9). O verdadeiro amor odeia.
4. Há diferentes tipos de maldades e graduações de pecados. Existem pecados que são mais abomináveis aos olhos do SENHOR do que outros (Êx 32.30; Ez 8.13, 15; Mt 23.23; Jo 19.11). O pecado de negação e traição intencional de Judas a Cristo foi tratado como “maior pecado” (Jo 19.11). Vale também lembrar que a homossexualidade está entre os pecados mais abomináveis (Gn 19.4-11; Jz 19.22-25; Lv 18.22; 20.13; Rm 1.24-27; 1Co 6.9-10). Portanto, zombar intencionalmente de Jesus Cristo e ainda o tratar como homossexual é uma ofensa gravíssima. Mesmo assim há esperança e perdão pleno para esse tipo de pecado em Cristo Jesus 1Co 6.11.
5. Diferentes tipos de pecados exigem diferentes tipos de protesto e repulsa. A Bíblia não trata todo tipo de maldade com a mesma penalidade.
6. Se a maldade caracterizar crime, deve ser penalizada como tal. Deve-se analisar perante esse caso se podemos recorrer à justiça.
7. Há diferentes formas de protestar: cancelar assinatura; deixar de assistir os episódios; ensinar o que a bíblia diz; entrar em contato com a empresa; se envolver culturalmente e promover filmes e séries com valores bíblicos etc.
8. Deve-se haver respeito com a liberdade individual de se protestar como cada um bem entender.
9. Devemos lembrar que nosso papel não é realizar vingança, isso pertence ao Senhor (Rm 12.19). Portanto toda forma de protesto deve ser pacífica, com amor e sabedoria.
10. Podemos descansar no fato de que em breve o Justo Juiz Jesus Cristo virá e “estabelecerá na terra a sua justiça” (Is 42.5). Aguardemos, pois, com grande expectativa por esse dia.

Fonte:institutogamaliel.com

Psicóloga cristã tem registro cassado por ser contra ideologia de gênero

Mais uma vítima de perseguição religiosa

Conselho Federal de Psicologia acusou profissional de “preconceito”.

Patrícia de Sousa Teixeira (Foto: Arquivo Pessoal

A psicóloga Patrícia de Sousa Teixeira foi informada nesta quinta-feira (5) que seu registro profissional foi cassado pelo Conselho Federal de Psicologia (CFP) por ela ter se posicionado contra a famigerada ideologia de gênero.

O julgamento ocorreu no dia 18 de outubro, conforme informou com exclusividade o Gospel Prime, mas somente agora ela ficou sabendo sobre a decisão do CFP pela cassação de seu registro.
Patrícia foi processada pelo Conselho Regional de Psicologia da 12º Região, após participar de uma gravação onde aparece alertando sobre a ideologia de gênero.
Apesar de não ter sido uma atuação de cunho profissional, o conselho regional determinou a cassação do registro da psicóloga por ter se comportado publicamente de forma “preconceituosa”, ela acabou recorrendo da decisão.
Seu recurso foi feito, na época, pelo advogado Jorge Vacite Neto, que já defendeu o pastor Silas Malafaia. Ele alegou que não houve atos praticados no exercício da profissão e que a pena era desproporcional.
Ainda assim, o caso foi encaminhado para CFP para apreciação e a psicóloga acabou ficando sem defesa, já que o conselho atua em Brasília, o que culminou na perda do registro.
O processo no conselho federal teve relatoria da psicóloga Sandra Elena Sposito. Em sua tese de doutorado pela Universidade Estadual Paulista (UNESP) ela defende “à luta por direitos” dos homossexuais.
No vídeo encaminhado como denúncia pela Comissão de Orientação e Fiscalização do CRP-12, Patrícia explica o que a ideologia de gênero defende.
Assista o vídeo:


Fonte: Institugamaliel.com

Morre Reinhard Bonnke, um dos maiores evangelistas do século 21

Pastor deixa um legado evangelístico à igreja

Por Neto Gregório

Reinhard Bonnke. (Foto: Reprodução / Facebook)

Morreu neste sábado (7) Reinhard Bonnke. O anúncio foi feito na página oficial do evangelista. Bonnke estava cercado de sua família.
O pastor pentecostal ficou conhecido por suas cruzadas evangelísticas no continente africano, onde alcançou milhões de pessoas.
De acordo com o ministério fundado por ele, Cristo para Todas as Nações (CfaN), mais de 76 milhões de pessoas ouviram o evangelho através de suas ministrações e declaram sua fé em Jesus Cristo.
Nascido na Alemanha e filho de pastor, Bonnke entregou sua vida a Jesus aos nove anos de idade e ouviu o chamado para o campo missionário africano antes mesmo de se tornar um adolescente.
Depois de ter sua formação teológica no País de Gales, serviu como pastor na Alemanha por sete anos e então partiu, com sua esposa e seu filho recém-nascido, para a África a fim de começar seu trabalho missionário.
A família agradeceu todo apoio recebido e pediu que “em vez de flores”, fossem feitas doações ao ministério CfaN.
Fonte: Gospel Prime

Mais de 600 cristãs paquistanesas foram traficadas para a China para se casarem

Pobreza causada pela discriminação contra cristãos seria o motivo para que as famílias vendessem suas filhas para se casarem com chineses

Mahek Liaqat (Foto: AP Photo/K.M. Chaudary, File)

Um relatório divulgado pela Associated Press (AP) diz que 629 mulheres e meninas paquistanesas foram vendidas por membros de suas famílias para se casarem com homens chineses.
Para chegar nestes números, os investigadores analisaram o sistema de fronteiras do Paquistão, que registra digitalmente os documentos de viagem nos aeroportos nacionais. A lista abrange os casamentos de 629 mulheres e meninas que ocorreram entre 2018 e abril deste ano.
Uma fonte não identificada disse à AP que a venda de mulheres como noivas para homens chinesas “é um comércio lucrativo” no Paquistão.
Os corretores chineses e paquistaneses ganham entre 4 milhões e 10 milhões de rúpias (entre 25 mil e 65 mil dólares). Desses valores, apenas 200.000 rúpias (1,5 mil dólares) vão para as famílias.
Em maio, a AP informou que centenas de meninas cristãs paquistanesas de origens pobres estavam sendo vendidas em casamentos forçados.
Representando 2,6% da população, a minoria cristã do Paquistão é frequentemente empobrecida e, portanto, um alvo maior para os corretores internacionais de casamento.
Segundo a AP, alguns pastores locais também estão envolvidos na venda de meninas cristãs e argumentam que o comércio está ajudando economicamente essas famílias pobres.
Acontece que na China, muitas dessas mulheres e meninas sofrem abusos físicos e sexuais ou até são mantidas como prostitutas.
Fonte: Gospel Prime

segunda-feira, 2 de dezembro de 2019

Fernanda Brum e Emerson Pinheiro sofrem acidente na BR-101

Fernanda Brum sofre acidente de carro em rodovia no RJ
Imagem relacionada
Fernanda Brum e seu marido, pastor Emerson Pinheiro, sofreram um acidente de carro na última sexta-feira, 22 de novembro, na BR-101, no trecho conhecido como Rodovia Rio-Santos.
Eles voltaram de quatro dias de descanso em Angra dos Reis, a chamada costa verde do Rio de Janeiro. O retorno na sexta ocorreu por conta de um compromisso da cantora em São Paulo neste sábado, 23 de novembro.
De acordo com nota oficial da assessoria da cantora no Instagram, o carro ficou desgovernado e subiu em um canteiro da rodovia próximo ao bairro Porogalo. O atendimento ao casal foi prestado rapidamente por policiais que acionaram o Corpo de Bombeiros.
Do local da derrapagem, Fernanda Brum e Emerson Pinheiro foram levados ao Hospital Geral de Japuíba, na cidade de Angra dos Reis, e logo em seguida receberam alta hospitalar. A cantora está usando um colar cervical devido ao tranco sofrido, como forma de minimizar as chances de complicações.
Confira a nota na íntegra:
O casal Fernanda Brum e Emerson Pinheiro sofreu um acidente de carro nesta sexta-feira (22). Eles voltavam de quatro dias de descanso em Angra dos Reis. O carro perdeu a direção e ficou desgovernado.
O veículo subiu em um canteiro perto do bairro Portogalo. Eles foram rapidamente atendidos pela polícia e pelos bombeiros. Apesar da baixa velocidade, os policiais informaram que o trecho é perigoso.
Fernanda e Emerson foram atendidos no Hospital Geral de Japuíba, em Angra dos Reis e já foram liberados depois de todos os exames necessários. FERNANDA BRUM ESTÁ BEM E FORA DE PERIGO. Devido à pancada, a cantora está usando um colar cervical para imobilização e ficará em observação em casa sob repouso absoluto. Se necessário for, fará mais exames. Fernanda está medicada e grata pelo livramento. (Assessoria)
. . .
Pedimos a compreensão de todos envolvidos no evento de Itaquera, em São Paulo (23.11), pois ela não poderá participar, infelizmente! Fernanda estava muito feliz em participar do evento e também levaria os filhos com ela. Mas os médicos recomendaram que ela não viajasse e pediram que ela ficasse em observação. Agradecemos a Deus pelo livramento de morte e agradecemos também as orações e o carinho de todos que ficaram preocupados.
Fernanda Brum sofre acidente de carro em rodovia no RJ
Fonte: Gospel +

Palestrante diz que sociedade deve “aceitar” a pedofilia como “orientação sexual”

Resultado de imagem para pedofilia
Por Tiago Chagas
Há alguns anos, lideranças cristãs e conservadoras brasileiras vêm alertando que o movimento progressista tentaria incutir o raciocínio de que a pedofilia é normal. Tentativas de descriminalizar as relações sexuais com menores de 14 anos foram infrutíferas, e agora, a estratégia usada é o convencimento nas universidades, como no caso da palestrante alemã Mirjam Heine.
Mirjam é estudante de medicina e ministrou uma curta palestra no projeto Tedx Talk, apresentando a pedofilia como sendo uma “orientação sexual imutável”, acrescentando que por isso, “a sociedade deveria aceitar mais os pedófilos”.
O vídeo com as declarações de Mirjam percorreu o mundo através das redes sociais, gerando enorme comoção e protestos. Segundo informações da emissora Christian Broadcasting Network (CBN), a palestra na Universidade de Würtzberg, na Alemanha, se chamava “Por que nossa percepção da pedofilia tem que mudar”.
A futura médica sustentou que “a pedofilia é simplesmente outra orientação sexual”, e é preciso que a sociedade a aceite. “Segundo uma pesquisa atual, a pedofilia é uma orientação sexual imutável, como, por exemplo, a heterossexualidade. Ninguém escolhe ser pedófilo, ninguém pode deixar de ser um”, alegou.
“A diferença entre a pedofilia e outras orientações sexuais é que viver essa orientação sexual terminará em um desastre”, insistiu Mirjam, referindo-se aos abusos sexuais.
Em suas ponderações, a estudante de medicina afirmou não compactuar com tal violência: “Deixe-me ser muito clara aqui. Abuso de crianças é algo errado, sem qualquer dúvida, mas um pedófilo que não abuse de crianças não fez nada de errado”, disse ela, para em seguida minimizar a pedofilia: “É apenas uma preferência por sexo com crianças”.
“Nem todo pedófilo abusa de crianças e nem todo mundo que abusa de crianças é um pedófilo. A diferenciação entre esses dois grupos é essencial”, continuou Mirjam Heine. “Estudos científicos indicam que um dos mais fortes preditores de abuso sexual infantil cometido por pedófilos é o isolamento social. Não devemos aumentar o sofrimento dos pedófilos excluindo-os, culpando-os e ridicularizando-os. Ao fazer isso, aumentamos o isolamento deles e aumentamos a chance de abuso sexual infantil”, teorizou.
Por fim, Mirjam Heine disse que “devemos aceitar que os pedófilos são pessoas que não escolheram sua sexualidade e que, ao contrário da maioria de nós, nunca serão capazes de vivê-la livremente […] Nós não somos responsáveis ​​por nossos sentimentos. Nós não os escolhemos, mas somos responsáveis nossas ações”.
A Dra. Linda Mintle rebateu as alegações da estudante de medicina: “Transtorno pedófilo é um transtorno mental. É um tipo de transtorno mental na categoria de parafilias”, afirmou, acrescentando que pedófilos “precisam de tratamento — entender, restringir e intervir”.
“A Igreja pode trabalhar em treinamento de empatia. Envolve ajudar o ofensor a assumir a perspectiva da vítima e, em identificação com a vítima, entender o dano que foi feito”, acrescentou.
Confira o vídeo, em inglês, da palestra da estudante de medicina Mirjam Heine com a relativização da pedofilia:

Fonte: Gospel +