Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2020

Coronavírus: pastor chinês pede orações: “confiando nas promessas”

OMS declarou surto de coronavírus como emergência de saúde internacional                                                                                                 Hospital isolado em Wuhan. (Foto: Chinatopix via AP) Nesta quinta-feira (30) a Organização Mundial da Saúde (OMS) decretou emergência de saúde pública de interesse internacional por conta do surto do coronavírus. A decisão se deu por conta do crescimento de casos de infecção fora da China, com 98 casos confirmados em 18 países, além das 170 mortes da China e 8.100 pessoas diagnosticadas. Diante do susto trazido pelo vírus, ainda de origem indeterminada, um pastor chinês da cidade de Wuhan, onde a doença eclodiu, está pedindo oração e chamando a igreja global para reagir. Identificado como “Um Pastor de Wuhan” pela China Source, o religioso divulgou uma carta contando como está a situação na cidade e convocando outros líderes para apoiá-los. “A situação é tão crítica, mas [estamos] confiando nas promessa

Umbandistas reclamam de “discriminação” por serem proibidos de fazer ritual dentro de templo católico

Ritual chamado de “passeio” prevê deitar perto do altar do templo e girar de um lado para o outro. Por Michael Caceres Um templo católico de Porto Alegre foi alvo de críticas no último sábado (18) por proibir um grupo de umbandistas de realizar parte de um ritual dentro do prédio. A Igreja do Rosário, no Centro Histórico de Porto Alegre, teria apresentado uma carta de boas vindas ao grupo de religiosos de matriz africana, mas orientava sobre o comportamento dentro do templo, incluindo “nunca deitar e rolar na igreja”. Essa atitude gerou discussão e foi compartilhada no Facebook no final de semana, recebendo milhares de compartilhamentos e acusação de atitude “discriminatória e arbitrária”. Com a polêmica, o presidente da Federação Afro-Umbandista Espiritualista do Rio Grande do Sul (Fauers), Everton Alfonsin, procurou o arcebispo dom Jaime Spengler. Segundo informou Zero Hora , situações assim teriam se repetido outras duas vezes desde dezembro na Igreja do Rosário.

Culto não é lugar de pedir apoio a partido político

Pastores: não profanem o púlpito do Senhor! Por Maycson Rodrigues Quando lemos a carta de Tiago no capítulo 3.1-12, vemos que os pecados verbais não deixarão de ser julgados. No entanto, especificamente no verso 1, vemos que os mestres – e aqui podemos incluir os pastores – sofrerão um juízo mais duro, considerando a responsabilidade que possuem perante Deus e sua Igreja. O pastor Emerson Patriota terá de rever seus conceitos pra ontem, pois o que ele fez é passivo até mesmo de uma disciplina dentro da Instituição Presbiteriana – ou ao menos deveria ser. Pedir do púlpito que os irmãos participem da criação de um partido político? A pergunta que faço é: quem discipulou este pastor? Porque a falha no discipulado é evidente, uma vez que um líder da Igreja compromete a pureza da mesma em casos como este, misturando fé com política da maneira mais perversa possível. O púlpito não é lugar de proselitismo político-partidário. Não se dá voz a

Assembleia de Deus treina 34 mil futuros líderes de igrejas domésticas na Índia

Meta estabelecida pela denominação era criar 25.000 igrejas domésticas em dez anos Igreja em Kandhamal, Índia. (Foto: John Fredricks) As igrejas da Assembleia de Deus da Índia lançaram em 2010 uma meta audaciosa de plantar 25 mil novas igrejas domésticas e treinar 30 mil líderes voluntários para atuarem nessas igrejas. Em 2019 foram abertas 14.200 novas igrejas domésticas, um número menor que a metade da meta, porém com 34.000 estudantes matriculados no India College of Ministry (ICOM), uma escola da Universidade Global que prepara ministros do Evangelho. Como cada um dos estudantes matriculados terão que abrir uma igreja doméstica, a Assembleia de Deus da Índia já considera que a meta foi alcançada com sucesso. “É evidente que um poderoso movimento de Deus está ocorrendo em um país onde atualmente apenas 2% são cristãos”,  diz  o site da denominação. O diretor da área de Missões Mundiais da AG para a Índia (nome confidencial) estava inicialmente incerto de que ce

'O DPVAT sustenta uma máfia de seguradoras', diz Cláudio Humberto

Ministros do STF envolvidos?  Fonte:Rádio Bandeirantes

Portugal paga até R$ 30 mil para portugueses voltarem ao país com a família...

Resumo da notícia *Benefício vale para cidadão português que deixou o país até 2015 *Família não precisa ser portuguesa e pode se incluída no programa *Governo de Portugal também oferece ajuda para procurar emprego, cota em universidade pública e desconto no imposto de renda Portugal Com população em queda e mais de 2,6 milhões de portugueses morando fora, Portugal oferece uma série de incentivos para que seus cidadãos voltem a morar no país. Por meio do Programa Regressar, o governo paga até 6.536 euros (aproximadamente R$ 30 mil) para portugueses e seus familiares interessados em se mudar para Portugal. O valor que o governo oferece tem o objetivo de dar ajuda financeira e cobrir custos com viagem, mudança e documentação.  Quem adere ao programa tem outros benefícios, como desconto no Imposto de Renda, cotas para universidades, financiamentos especiais e apoio para procurar trabalho... Fonte: BOL 

CAIO FÁBIO - O APÓSTATA QUE APOIA A PORTAS DOS FUNDOS CHAMAR JESUS DE GAY

Neste vídeo o ex-pastor Caio Fábio crítica os cristãos que são contra o filme.  Obs. Os atores são amigos dele. Com título  "Porta dos Fundos: Vocês são o escândalo do mundo!" O Caiu verborragia contra os crentes. Assista:

PORTA DOS FUNDOS MERECE RESPOSTA?

Fonte: Canal Hipócritas

Deputado sugere filme do STF com Toffoli gay e ministros viciados em cocaína

                                      ESSE FILME EU ASSISTIRIA https://comunidade.f7noticias.com/ Bibo Nunes (PSL-RS) criticou decisão que autorizou o especial do Porta dos Fundos e propôs obra envolvendo nomes do Supremo Tribunal Federal. O deputado federal Bibo Nunes (PSL-RS) criticou em mensagem no Twitter nesta sexta-feira (10) a decisão do presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), ministro Dias Toffoli, que derrubou a decisão do desembargado  contra o especial de fim de ano do grupo Porta dos Fundos e veiculado pela Netflix. “Eu quero saber se for produzido um filme pela produtora Porta dos Fundos, mostrando o presidente do STF como gay e os outros ministros como viciados em cocaína, se vão aceitar como cultura?”, questionou o pesselista. Em seguida, pergunta “se vão querer impedir que a Netflix exiba o filme”. Ao final, sugere: “façam esse filme”. Bibo Nunes ✔ @bibonunes1 Eu quero saber se for produzido um filme pela produtora Porta dos Fun

Mais um que apoia o Partido das Trevas: Pastor Daniel Elias da Assembleia de Deus vira garoto propaganda do PT para atrair evangélicos

O pastor é uma das armas do PT para se infiltrar nas igrejas evangélicas Pastor Daniel Elias (Reprodução) A nova estratégia do PT (Partido dos Trabalhadores), para ter um melhor desempenho nas eleições municipais de 2020, é a aproximação dos evangélicos. A pedido do ex-presidente Lula, o partido está criando núcleos evangélicos nos estados para tentar conquistar a classe evangélica que já provou que pode fazer a diferença nas urnas. Uma das armas do PT para se infiltrar nas igrejas é o pastor da Assembleia de Deus de Duque de Caxias RJ, Daniel Elias. O líder religioso é militante do PT e discípulo fiel de Lula. Há um ano ele virou notícia em todo país quando viajou até Curitiba, no Paraná, para realizar um ato profético em favor do ex-presidente que estava preso na carceragem da Polícia Federal (PF). Daniel Elias, de 38 anos, ungiu o cadeado do portão da sede da PF. O pastor admite que a articulação enfrenta dificuldades.  “O grupo ligado à direita chegou primeiro

“Como eu volto? Foi um erro”, questiona mulher que mudou de sexo

Aos  44 anos ,  Debbie  decidiu que não queria mais viver como uma mulher, após ter nasceu menina e ter vivido a maior parte de sua vida dessa maneira. Então procurou tratamento para fazer a transição e passar a viver como homem. Foi submetida a uma série de cirurgias, que incluiu a realização construção de um órgão genital masculino a partir da pele do seu antebraço. Mudou de nome e passou 17 anos tomando testosterona, hormônio que pode levar a mudanças como mais pelos faciais e mais desenvolvimento muscular. No seu relato a BBC, afirma que acreditava que a transição permitiria que ela  “fosse aceita no mundo” , mas acabou se arrependendo do que fez consigo mesma. “Foi um erro. Como eu volto a ser a Debbie que eu era?” , questionou. Agora com  61 anos , Debbie tenta voltar a ser o que era, assumindo o sexo verdadeiro, designado por Deus no seu nascimento. Fonte: Bíbliatodo.com

Irã afirma ter o direito de executar homossexuais em público por "valores morais"

O ministro das Relações Exteriores do Irã, Mohammad Javad Zarif, tratou com naturalidade a lei que prevê o enforcamento de homossexuais. Pessoas encenam um enforcamento, enquanto protestam do lado de fora do Conselho Alemão de Relações Exteriores, em Berlim. (Foto: THOMAS PETER / Reuters) Em resposta a perguntas feitas em Teerã, capital iraniana, por um repórter do jornal alemão Bild, o ministro das Relações Exteriores da República Islâmica do Irã, Mohammad Javad Zarif, reiterou a justificativa do país em manter uma lei que prevê a  execução de homossexuais  e também reforçou sua oposição a Israel e aos EUA. O repórter da Bild, chamado Paul Ronzheimer, escreveu no Twitter que fez duas perguntas a Zarif: "1. Qual seu posicionamento com relação ao direito de Israel existir? 2. Como você lida com as execuções de gays?" Ronzheimer escreveu que Zarif respondeu: "O problema são as políticas agressivas de Israel e dos EUA". Sobre a execução de gays do Irã

'Sai o kit gay e entra a leitura em família', diz ministro da Educação

Durante reunião com o presidente Bolsonaro, Abraham Weintraub enalteceu o trabalho desempenhado pela pasta e citou o programa Conta para Mim O ministro da Educação, Abraham Weintraub, que se reuniu com o presidente Wilson Dias/Agência Brasil O ministro da Educação, Abraham Weintraub, enalteceu o  trabalho desempenhado pela pasta no ano passado durante  reunião com o presidente Jair Bolsonaro nesta terça-feira  (7). Ele citou, em especial, o programa Conta para Mim  lançado em dezembro, que incentiva a leitura no ambiente  familiar. "(O programa) busca justamente valorizar o papel da família com as crianças pequenas nesses primeiros momentos. Sai o kit gay e entra a leitura em família", disse o ministro, no encontro transmitido ao vivo do Palácio do Planalto. Bolsonaro e seus apoiadores chamam de "kit gay" o material batizado de "Escola sem Homofobia", que chegou a ser discutido dentro do Ministério da Educação (MEC) em 2011, mas que teve produção