sábado, 7 de março de 2020

Ben Affleck fala sobre os desafios de fé que enfrenta

Ator foi entrevistado pelo pastor Erwin McManus, na Mosaic Church.

Por Neto Gregério


Ben Affleck. (Foto: Reprodução / Youtube)

No novo filme The Way Back [O caminho de volta], o ator e diretor Ben Affleck interpreta um treinador de basquete alcoólatra tentando recuperar sua vida.
Neste mês, ele visitou a Mosaic Church para conversar sobre o filme com o pastor Erwin McManus. Mas ele também discutiu sua carreira, legado, altos e baixos da vida real – e o papel que a fé desempenhou em sua vida.
Affleck disse que a igreja é uma parte importante de sua vida, e ele ainda frequenta semanalmente com sua ex-esposa, Jennifer Garner, e seus filhos. No entanto, reconhece que tem um relacionamento “conflituoso” com a fé.
“Fé é algo que tenho, e é algo que tem sido uma luta para mim”, disse ele. “Eu realmente acho o ensino cristão bonito e comovente. O difícil para mim é quando luto, quando sofro, quando vejo coisas que são dolorosas, tenho dúvidas. Como existe um Deus que permite que isso aconteça?”.
O ator, que luta contra o alcoolismo, participou de um programa de reabilitação que, segundo ele, o ajudou a entender novamente a fé. “Uma das coisas que alguém me disse foi: ‘Você não precisa ter certeza. Você precisa procurar. Você pode buscar a Deus? Você pode procurar por Deus?'”, relatou.
“E quanto mais eu fazia isso e mais permitia que isso se tornasse algo, não precisava ser uma determinação final, ou eu dizendo que tenho a resposta ou sei o que é certo, mas apenas uma busca por um poder maior, por um significado mais elevado, para o que realmente é importante na vida e no mundo e para um Deus, que começou a me conectar [mais profundamente] à fé. E essa fé me serviu bem na recuperação como alcoólatra”.
Fonte: Gospel Prime

* Seja um seguidor

Nenhum comentário: