Pular para o conteúdo principal

Distrito Federal autoriza reabertura de templos religiosos e parques

Sophia Camargo, do R7

Decreto foi publicado em edição extra do Diário Oficial do DF deste sábado (30), medidas passam a valer em 3 de junho

Parque da Cidade Dona Sarah Kubitschek

Parque da Cidade Dona Sarah Kubitschek

Tico Fonseca/Secretaria de Turismo do DF

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), publicou neste sábado (30), em edição extra do Diário Oficial do Distrito Federal, um decreto que autoriza a realização de cultos, missas e rituais de qualquer credo ou religião e a reabertura de parques a partir do dia 3 de junho.
Segundo o Decreto 40.846, de 30 de maio de 2020, as atividades religiosas deverão ser realizadas preferencialmente por meio de aconselhamento individual a fim de evitar aglomerações. Também é recomendada a adoção de meios virtuais nos casos de reuniões coletivas.
Os cultos, missas e rituais poderão ser realizados presencialmente, em locais com capacidade para mais de 200 pessoas, desde que observadas as seguintes regras:

• disponibilização na entrada de produtos para higienização de mãos e calçados, preferencialmente álcool em gel 70%;

• afastamento mínimo de um metro e meio de uma pessoa para outra, com demarcação específica nas cadeiras dos locais para acomodação dos fiéis;

• estabelecimento de uma fileira de cadeiras ocupada e outra desocupada;

• proibição de acesso ao estabelecimento de idosos com idade superior a sessenta anos, crianças com idade inferior a doze anos e pessoas do grupo de risco;

• recomendação para que se evite o contato físico entre as pessoas;

• proibição de entrada e a permanência de pessoas que não estiverem utilizando máscara;

• medição da temperatura dos frequentadores na entrada do estabelecimento. Quem apresentar temperatura igual ou superior a 37,3º C não poderá entrar;

• adoção de todos os protocolos sanitários estabelecidos na prevenção da covid-19, observando horários alternados nas celebrações presenciais e intervalos entre eles de, no mínimo, duas horas, de modo que não haja aglomerações internas e nas proximidades dos estabelecimentos religiosos;

• afixação, em local visível e de fácil acesso, de placa com as informações quanto à capacidade total do estabelecimento, metragem quadrada e quantidade máxima de frequentadores permitida.

Também fica permitida a realização de cultos nos estacionamentos dos templos religiosos desde que as pessoas permaneçam dentro de seus carros a uma distância mínima de dois metros entre cada veículo estacionado.
Reabertura dos parques
Dezoito parques foram autorizados a reabrir à população contanto que sigam as seguintes regras:
• funcionamento entre 6h e 21h;
• proibição de qualquer tipo de comércio dentro dos parques, inclusive ambulantes;
• bloqueio de todos os equipamentos de musculação e demais áreas de atividades coletivas;
• interdição de banheiros e bebedouros;
• proibição de acampamento;
• obrigatoriedade do uso de máscara por todos os frequentadores.
Estes são os parques que estão autorizados a reabrir:
1. Parque da Cidade Dona Sarah Kubitschek
2. Parque Ecológico do Paranoá
3. Parque Recreativo do Gama (Prainha)
4. Parque Ecológico do Gama
5. Parque Ecológico Sucupira (Planaltina)
6. Parque Ecológico do Lago Norte
7. Parque Ecológico da Asa Sul
8. Parque Ecológico Olhos D`água
9. Parque Ecológico Ezequias Heringer (Guará)
10. Monumento Natural Dom Bosco (Lago Sul)
11. Parque Ecológico de Águas Claras
12. Parque Ecológico do Riacho Fundo
13. Parque Ecológico do Areal (Arniqueiras)
14. Parque Ecológico Veredinha (Brazlândia)
15. Parque Ecológico do Cortado (Taguatinga)
16. Parque Ecológico 3 Meninas (Samambaia)
17. Parque Ecológico do Tororó
18. Parque Ecológico das Copaíbas (Lago Sul)

Fonte: R7 notícias

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

POLÍTICA SOCIAL Vergonha para os baianos: dos 100 piores municípios para se viver em todo país, quase metade desses estão no estado da Bahia

Foto: Jucuruçu, no extremo sul da Bahia, é citado na lista Quatro em cada dez cidades brasileiras consideradas as piores para se viver ficam na Bahia. A informação é baseada em um relatório divulgado anualmente pela Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan), que considera um índice similar ao IDH-M (Índice de Desenvolvimento Humano Municipal, que avalia longevidade, educação e renda da população) da Organização das Nações Unidas. O Índice Firjan de Desenvolvimento Municipal (IFDM) acompanha o desenvolvimento socioeconômico de todos os mais de 5 mil municípios brasileiros também em três áreas de atuação: emprego e renda, educação e saúde. O índice varia de 0 (mínimo) a 1 ponto (máximo) e quanto mais próximo de 1, maior o desenvolvimento da localidade. De acordo com os dados da Firjan, 55,2% do total das cidades possuem desenvolvimento moderado, e 1,9% (106 cidades) estão com baixo desenvolvimento, ou seja, abaixo de 0,4. Apenas 332 cidades (6% do total) possuem alto d

Mais um que apoia o Partido das Trevas: Pastor Daniel Elias da Assembleia de Deus vira garoto propaganda do PT para atrair evangélicos

O pastor é uma das armas do PT para se infiltrar nas igrejas evangélicas Pastor Daniel Elias (Reprodução) A nova estratégia do PT (Partido dos Trabalhadores), para ter um melhor desempenho nas eleições municipais de 2020, é a aproximação dos evangélicos. A pedido do ex-presidente Lula, o partido está criando núcleos evangélicos nos estados para tentar conquistar a classe evangélica que já provou que pode fazer a diferença nas urnas. Uma das armas do PT para se infiltrar nas igrejas é o pastor da Assembleia de Deus de Duque de Caxias RJ, Daniel Elias. O líder religioso é militante do PT e discípulo fiel de Lula. Há um ano ele virou notícia em todo país quando viajou até Curitiba, no Paraná, para realizar um ato profético em favor do ex-presidente que estava preso na carceragem da Polícia Federal (PF). Daniel Elias, de 38 anos, ungiu o cadeado do portão da sede da PF. O pastor admite que a articulação enfrenta dificuldades.  “O grupo ligado à direita chegou primeiro

Quem são os 7 pastores mais respeitados do Mundo; Saiba agora

Não é uma tarefa tão fácil escolher entre tantos o 7 pastores mais respeitados do Brasil. Com certeza alguém poderá ficar de fora, outra questão é escolher entre as tantas linhas religiosas que existem Não é uma tarefa tão fácil escolher entre tantos o 7 pastores mais respeitados do Brasil. Com certeza alguém poderá ficar de fora, outra questão é escolher entre as tantas linhas religiosas que existem. Outra pergunta é: Ele é tão bom, se é! Por que é? Ou é escolhido bom apenas pela sua fama? Muitas vezes o bom é aquele que contraria as multidões, mas o bom pode também estar entre as multidões, “Não devemos esquecer que por se tratar da Palavra de Deus, o discurso do pregador deve ser embasado nas Escrituras sempre” então fica ai minha dica e junto também uma de suas mensagem. No VÍDEO abaixo você vai conferir os nomes dos pastores que o Brasil inteiro conhece. São pastores de grandes ministérios que contem números altos de fieis sobre a presença de Deus. Hoje nas