Notícias do Mundo Inteiro

Header Ads

QUEM SÃO OS ANTIFAS?

A LUTA DO QUE SE DENOMINA ANTIFASCISTA VEM DE MUITOS ANOS NO BRASIL





Primeiro vamos entender o que é fascismo. O fascismo foi um movimento político que surgiu na Itália sob a liderança de Benito Mussolini, que assumiu o poder desse país a partir de 1922 com a Marcha sobre Roma. 

Quero destacar: É UM MOVIMENTO POLÍTICO. 

Sendo um movimento político eu pergunto, qual a ideologia política que predomina no jornalismo e na imprensa em geral? Ideologia socialista e esquerdista. Nas novelas, nos filmes, nos programas de auditórios, nas universidades, nos governos de esquerda que dominou o Brasil durante 16 anos. Houve um monstruoso aparelhamento estatal na educação, nas políticas dos direitos humanos, na política partidária, nos órgãos e na política social; na mídia brasileira em quase sua totalidade. 

Na palavra do condenado e solto, ex-presidente da república do Brasil, Luís Inácio Lula da Silva, o fascismo é : O povo tem que entender que é o GOVERNO QUE RESOLVE TUDO.

Símbolos que representam melhor o fascismo:

 

Por ser um tema complexo gera muito debate. Mas para um entendimento melhor, essa é a visão geral do fascismo: 

1. Implantação de um sistema unipartidário ou monopartidário, no qual apenas o próprio partido fascista tinha direito à atuação no sistema político nacional;
2. Culto ao chefe/líder (Lulismo) como forma de colocá-lo como a única pessoa capaz de guiar a nação ao seu destino;
3. Desprezo pelos valores tradicionais, nos quais estão inclusas as liberdades individuais e a democracia representativa;
4. Desprezo por valores coletivistas, como o cristianismo;
5. Desejo de expansão imperialista baseada na ideia de domínio de povos mais fracos;
6. Vitimização de determinados grupos da sociedade (O movimento gay, o feminismo...) ou de um povo com o objetivo de iniciar uma perseguição contra aqueles que eram vistos como “inimigos do povo”;
7. Uso da retórica contra os métodos políticos tradicionais afirmando que estes eram incapazes de combater as crises e de levar a nação à prosperidade;
8. Exaltação dos “valores liberais” em detrimento de valores considerados “modernos”;
9. Mobilização das massas;
10. Controle total do Estado fascista sobre assuntos relacionados à economia, política e cultura. (Texto adaptado do site Brasil Escola - em 04/06/2020)
Os "antifas", se dizem ser contra o fascismo, depredam lojas e propriedade particular, queimam carros, fazem pichações, atacam e agridem pessoas nas ruas, intimidam comunidades e dizem ser contra o domínio governamental (quando o governo é de direita). Na realidade são grupos terroristas, transvestidos de revolucionários e que em qualquer situação de comoção social envolvendo negros, gays, lésbicas, índios, etc, eles aproveitam a ocasião e insurgem contra a sociedade e os governos. 

Quem representa melhor a ideologia fascista são os movimento comunistas, neonazistas e islâmicos. Pois os mesmos sempre apontam para um governo totalitário. 

Fonte: Créditos da imagem/https://br.images.search.yahoo.com/

Postar um comentário

0 Comentários