Notícias do Mundo Inteiro

Header Ads

O respeitado Barna Group, divulgou uma nova pesquisa analisando as mudanças na frequência da igreja após o crescimento da pandemia do COVID-19 nos EUA


O respeitado Barna Group, divulgou uma nova pesquisa analisando as mudanças na frequência da igreja após o crescimento da pandemia do COVID-19 nos EUA
Uma pesquisa do respeitado Barna Group apontou que um terço dos cristãos praticantes não estão assistindo aos cultos online de sua própria igreja ou de outras denominações, enquanto muitos templos permanecem fechados durante a pandemia de Covid-19.
Segundo os pesquisadores, é difícil determinar o que fez as pessoas pararem de assistir aos cultos online ou mudarem de igreja. Mas o que fica claro é que os cristãos ainda buscam o apoio da comunidade da igreja. Confira os detalhes da pesquisa!
Em meio à pandemia, as igrejas foram forçadas a fechar suas portas e começar a transmitir os cultos de domingo online. A transição foi bem recebida por alguns, mas impopular com outros.
A pesquisa realizada entre o final de abril e início de maio pela entidade de pesquisa identificou:
     • 35% ainda estão freqüentando a igreja pré-COVID.
     • 32% não estão mais freqüentando a igreja.
     • 14% mudaram para uma nova igreja.
     • 18% estão assistindo cultos de diferentes igrejas todos os meses.

A pesquisa de Barna mostrou um padrão entre as diferentes gerações de cristãos praticantes que freqüentam a igreja online.
• 50% dos millennials ou geração Y (nascidos entre os anos de 1980 e 1995) deixaram de frequentar a igreja.
 • 17% da geração X (nascidos entre 1965 e 1981) passaram freqüenta uma nova igreja.
 • 40% dos Baby Boomers (nascidos entre as décadas de 1950 e 1960) ficaram na mesma igreja.

E os cristãos praticantes que diminuíram seu acesso a cultos on-line ou pararam de frequentar a igreja estão mais estressados emocionalmente.
A pesquisa observou que 17% dizem que estão entediados “o tempo todo” e 11% admitem se sentir “inseguros” às vezes.
A pandemia modificou muitas das rotinas da vida. Segundo os pesquisadores do Barna Group, é difícil determinar o que fez os crentes pararem de assistir aos cultos online ou mudarem de igreja. Mas é claro que os freqüentadores de igrejas em todo o país ainda estão buscando apoio de uma comunidade da igreja.
       • 68% desejam oração e apoio emocional.
       • 44% estão procurando uma mensagem de esperança centrada na Bíblia.
       • 35% querem se conectar à comunidade de fé.
Apesar das mudanças causadas pelo COVID-19, muitos permanecem próximos da igreja e recorrem às comunidades de fé em busca de apoio.
*Com informações de Cbnnews/Barna

Postar um comentário

0 Comentários