Pular para o conteúdo principal

Partido Comunista Chinês força mulheres de grupos minoritários ao aborto e à esterilização em massa


As autoridades do Partido Comunista Chinês vêm forçando mulheres de grupos minoritários a interromper a gravidez e à esterilização feminina em massa. Um relatório, escrito pelo pesquisador alemão Adrian Zenz e publicado pela The Jamestown Foundation, aponta que as mulheres uigures e de outras minorias na China estão sendo submetidas ao controle reprodutivo.
relatório de 32 páginas mostra que minorias individuais já haviam testemunhado antes sobre medidas forçadas contra a reprodução. E após uma investigação mais profunda, agora pôde ser concluído que o problema é maior do que se pensava inicialmente.
A investigação foi “baseada em estatísticas do governo chinês, documentos estaduais e entrevistas com 30 ex-prisioneiros, familiares e um ex-instrutor do campo de detenção”, como mostra o relatório.
As medidas usadas para regular a gravidez incluem testes obrigatórios, aborto forçado, esterilização e instalação involuntária do DIU.
Além disso, o relatório diz que o governo comunista da China conduziu buscas nos lares das minorias por crianças sem documentos. Se alguém tiver filhos, o Estado poderá enviá-los para os notórios “campos de reeducação” de Xinjiang.
O horror do comunismo: um banho de sangue em números - Instituto ...
Esses campos foram projetados para reter milhares de minorias extralegais, muitas vezes sem ônus. O Partido Comunista Chinês afirma que os “campos de reeducação” são apenas “centros de treinamento vocacional”. No entanto, muitos dos que sobreviveram aos campos relataram ter passado por tortura, fome e trabalho forçado por longas horas.
O relatório proporcionou mais dados sobre o que os especialistas já previam que estaria acontecendo na região, um possível genocídio. Embora ainda não tenha sido oficialmente declarado como tal, muitos acreditam que a o governo comunista chinês do ditador Xi Jinping está tentando erradicar ou impedir o crescimento de grupos minoritários.
A violação de direitos humanos revelada na China é tão grave que o Secretário de Estado dos EUA, Michael Pompeo, divulgou ontem (29) uma nota oficial no site do Departamento de Estado Americano.
nota diz:
Sobre o planejamento familiar coercitivo da China e o programa de esterilização forçada em Xinjiang
Comunicado à Imprensa
Michael R. Pompeo, Secretário de Estado
29 de junho de 2020

O mundo recebeu relatos perturbadores hoje de que o Partido Comunista Chinês está usando esterilização forçada, aborto forçado e planejamento familiar coercitivo contra uigures e outras minorias em Xinjiang, como parte de uma campanha contínua de repressão. As chocantes revelações do pesquisador alemão Adrian Zenz são tristemente consistentes com décadas de práticas do PCCh, que demonstram um total desrespeito à santidade da vida humana e à dignidade humana básica. Pedimos ao Partido Comunista Chinês que acabe imediatamente com essas práticas horríveis, e peço a todas as nações que se juntem aos Estados Unidos para exigir o fim desses abusos desumanos.
Fonte:Conexão Política

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Quem são os 7 pastores mais respeitados do Mundo; Saiba agora

Não é uma tarefa tão fácil escolher entre tantos o 7 pastores mais respeitados do Brasil. Com certeza alguém poderá ficar de fora, outra questão é escolher entre as tantas linhas religiosas que existem Não é uma tarefa tão fácil escolher entre tantos o 7 pastores mais respeitados do Brasil. Com certeza alguém poderá ficar de fora, outra questão é escolher entre as tantas linhas religiosas que existem. Outra pergunta é: Ele é tão bom, se é! Por que é? Ou é escolhido bom apenas pela sua fama? Muitas vezes o bom é aquele que contraria as multidões, mas o bom pode também estar entre as multidões, “Não devemos esquecer que por se tratar da Palavra de Deus, o discurso do pregador deve ser embasado nas Escrituras sempre” então fica ai minha dica e junto também uma de suas mensagem. No VÍDEO abaixo você vai conferir os nomes dos pastores que o Brasil inteiro conhece. São pastores de grandes ministérios que contem números altos de fieis sobre a presença de Deus. Hoje nas

Mais um que apoia o Partido das Trevas: Pastor Daniel Elias da Assembleia de Deus vira garoto propaganda do PT para atrair evangélicos

O pastor é uma das armas do PT para se infiltrar nas igrejas evangélicas Pastor Daniel Elias (Reprodução) A nova estratégia do PT (Partido dos Trabalhadores), para ter um melhor desempenho nas eleições municipais de 2020, é a aproximação dos evangélicos. A pedido do ex-presidente Lula, o partido está criando núcleos evangélicos nos estados para tentar conquistar a classe evangélica que já provou que pode fazer a diferença nas urnas. Uma das armas do PT para se infiltrar nas igrejas é o pastor da Assembleia de Deus de Duque de Caxias RJ, Daniel Elias. O líder religioso é militante do PT e discípulo fiel de Lula. Há um ano ele virou notícia em todo país quando viajou até Curitiba, no Paraná, para realizar um ato profético em favor do ex-presidente que estava preso na carceragem da Polícia Federal (PF). Daniel Elias, de 38 anos, ungiu o cadeado do portão da sede da PF. O pastor admite que a articulação enfrenta dificuldades.  “O grupo ligado à direita chegou primeiro

IRMÃ DULCE, SANTA? SERÁ? IRMÃ DULCE E O SEU LADO OBSCURO

IRMÃ DULCE E O SEU LADO OBSCURO Retrato de Irmã Dulce Deixar de reconhecer que a D. Maria Rita de Souza Brito Lopes Pontes, filha de Augusto Lopes Pontes e de Dulce Maria de Souza Brito, conhecida mundialmente como Irmã Dulce, fez um trabalho filantrópico, sacrificial, e altruísta, é ser um ignorante, tendencioso e ingrato. Nascida em 26 de maio de 1914, na capital baiana, e falecida no dia 13 de março de 1992,  foi uma religiosa católica brasileira que dedicou a sua vida a ajudar os doentes e os mais necessitados. Foi beatificada pelo Papa Bento XVI, no dia 10 de dezembro de 2010, passando a ser reconhecida com o título de "Bem-aventurada Dulce dos Pobres". Será canonizada pelo Papa Francisco em uma celebração no Vaticano no dia 13 de outubro de 2019. Por ser muito jovem ela foi recusada pelo Convento de Santa Clara. Formou-se em professora primaria em 08 de fevereiro de 1932 e um ano após entrou para a Congregação Irmãs Missionárias da Imaculada Conceição de D