Pular para o conteúdo principal

A Torre de Vigia vista por dentro


 Pr. Natanael Rinaldi

Já pôs Sua Religião Alguma Vez à Prova?” — é o título do artigo publicado na revista A Sentinela de 1-10-64-, p. 579.
Dizem em seguidas as Testemunhas: “O que dizer da sua religião? Quando foi que a pôs á prova pela ultima vez? Já a provou a luz da Palavra de Deus, a Bíblia, para ver se esta a altura dos padrões de Deus? Será que isso é necessá­rio? Sim, porque nem toda a religião é boa.”

Tais indagações são o resultado da orientação traçada pelo Corpo Governante intitulado o “escravo fiel e discreto” no sentido de levar as Testemunhas a aceitar que esse grupo de homens clericais é o único autorizado por Jeová Deus para transmitir sua vontade aos homens, de modo absoluto e inquestionável.

Como se identifica então a religião verdadeira? Respon­dem as Testemunhas, “A religião dele (de Deus) é a única de crenças certas e é harmoniosa em todas as suas expressões, assim como a verda­deira ciência física é harmoniosa e não contraditória entre si mesma.” (A Sentinela de 15-5-1964, p. 304).

Examine – Testemunha de Jeová – sua organização por den­tro e confronte aquilo no que você crê hoje como verdade com o que as Testemunhas de tempos atrás também criam como verdade e tenha presente que “não pode haver duas verdades, quando uma não concorda com a outra. Ou uma ou a outra é verdadeira, mas não ambas. Crer sinceramente em alguma coisa e praticá-la não a torna certa, se realmente for errada.” (Poderá Viver Para Sempre no Paraíso da Terra, p. 32 § 19)

Seu futuro parece-lhe seguro? Quer se sinta confiante, sugerimos que não perca a oportunidade de uma autoanalise específica respondendo SIM ou NÃO para avaliar quantas mudanças doutrinárias ocorreram durante os 100 anos de direção divina recentemente comemorado.

I – SE VOCÊ FOSSE TESTEMUNHA DE JEOVÁ ENTRE 187O-1916 (PERIODO DE C.T RUSSEL), VOCÊ ESTARIA NA VERDADE SE CRESSE QUE:

  • O “tempo do fim” começou em 1799 e demoraria 115 anos?
  • A segunda vinda (presença) de Cristo se deu em 1874?
  • A abstenção de sangue de At 15.28-29 aplicava-se estritamente ao sangue de animais?
  • Israel, segundo a carne, estava retornando à Palestina como um sinal evidente do cumprimento da profecia bíblica?
  • A criação do homem foi calculada para 4128 A.E.C, e a entrada do pecado no mundo se deu em 4126 A.E.C.?
  • Os 6.000 anos da existência do homem na terra terminaram em 1874, ano em que também se deu a segunda vinda de Cristo?
  • Os mortos em Cristo ressuscitaram em 1878?
  • Adão e Eva seriam ressuscitados juntamente com os bilhões de mortos?
  • O Natal era festa cristã, podendo ser comemorado em 25 de dezembro?
  • Jesus tinha morrido numa cruz?
  • Jesus podia ser adorado?
  • Jesus não era o Arcanjo Miguel, visto que Miguel adorava o próprio Cristo conforme Hb 1.6?
  • A Batalha do Armagedom terminaria em 1914 com a destruição de todos os governos da terra?
  • A saudação à bandeira de qualquer nação era livre?
  • O cristão podia prestar o serviço militar?
  • A glorificação da Igreja ocorreria antes de 1914?
  • Jesus ressuscitou como espírito glorificado e seu corpo foi dissolvido em gases e/ou guardado para ser exibido no milênio como prova do resgate?
  • A “Grande Tribulação” tinha começado em 1874?
  • Jesus era o Alfa e Ômega?
  • Charles Tazel Russel era o “escravo fiel e discreto”?
  • O aniversário natalício podia ser comemorado?
  • As “autoridades superiores” de Rm 13.1 eram Jeová e Jesus Cristo?
  • As Igrejas seriam destruídas em 1918?
  • Não havia nenhuma organização visível de Deus na terra?

II – SE VOCÊ FOSSE TESTEMUNHA DE JEOVÁ ENTRE 1917-1942 (PERÍODO DE JOSEPH F. RUTHERFORD), VOCÊ ESTARIA NA VERDADE SE CRESSE QUE:

  • A vacina era quebra do pacto que Deus fez com Noé?
  • As “autoridades superiores” de Rm 13.1 eram os servos de congregação?
  • A segunda presença de Cristo e sua entronização no céu ocorreu em 1914?
  • Os “Príncipes” ressuscitariam corporal e visivelmente em 1925?
  • Os vivos em 1925 não morreriam mais?
  • Toda religião era de origem satânica – não havia religião verdadeira?
  • Os mortos em Cristo tinham ressuscitado em 1918?
  • A “Grande Multidão” não podia participar da refeição noturna do Senhor, como antes o fazia?
  • A saudação a bandeira de qualquer nação era idolatria?
  • O Espírito Santo tinha cessado seu trabalho de Advogado, Consolador, Confortador, Ajudador em 1918?
  • Deus tinha vários nomes, podendo ser chamado de Deus Altíssimo, Jeová, Todo-Poderoso, Pai?
  • O nome Testemunhas de Jeová era de uso exclusivo dos Ungidos e os demais podiam ser chamados jonadabistas?
  • Adão e Eva não ressuscitariam, tendo sido mortos por Jeová?
  • A oportunidade para pertencer à classe dos Ungidos ocorrera entre 29 E. C. a 1931?
  • Os jovens não deviam casar-se antes do Armagedom, acon­tecimento este que se daria dentro de meses a partir de 1941?
  • A vacina não tinha apoio bíblico para ser proibida?
  • A Casa Beth- Sarim em San Diego, construída para receber os “príncipes” tinha sido motivo de escárnio pelos de fora, mas eles rangeriam os dentes quando vissem os “Príncipes” morando nela?
  • Jesus tinha morrido numa estaca?
  • O Natal era festa pagã?
  • O dízimo era um sistema de contribuição bíblico?
  • Jesus era o Arcanjo Miguel?
  • Jesus não podia receber senão adoração ‘relativa’?
  • Houve uma medida de desapontamento nos fiéis de Jeová concernente aos anos de 1914, 1918 e 1925?
  • A Pirâmide de Gizé, no Egito, não era uma testemunha de pedra de Jeová mas uma testemunha de Satanás?

III – SE VOCÊ FOSSE TESTEMUNHA DE JEOVÁ ENTRE 1942-1977 (PERÍODO DE NATHAN HOMER KNORR), VOCÊ ESTARIA NA VERDA­DE SE CRESSE QUE:


  • A Sociedade Torre de Vigia era a única organização visível de Deus, na terra?
  • O “escravo fiel e discreto” era o Corpo Governante?
  • A Bíblia não era um livro para pessoas, mas pertencen­te a organização de Deus a classe dos Ungidos?
  • As “autoridades superiores” de Rm 13.1 eram os gover­nantes do mundo?
  • A transfusão de sangue era proibida por At 15.28-29?
  • Os 6.000 anos da existência do homem na terra se cumpriria em 1975 quando se iniciaria o milênio de Je­sus na terra, precedido pela Batalha do Armagedom?
  • Adão e Eva foram criados por Jeová em 4028 A. E. C. e a entrada do pecado no mundo se deu em 4026 A. E, C.?
  • A maioria do povo vivo era 1975 não morreria mais?
  • O “tempo do fim” começou em 1914?
  • O dízimo não tinha apoio bíblico?
  • Jesus só podia receber homenagem?
  • Não havia base bíblica para celebração de aniversário natalício?
  • Os acontecimentos – milênio e Armagedom – não se de­ram em 1975 por que não se sabe quantos anos ocorre­ram entre a criação de Adão e Eva?
  • A geração que viu o “sinal” em 1914, com 15 anos na ocasião para poder ver com os olhos do entendimento o “sinal”, não morreria sem ver a mudança do sistema atual de coisas?

IV – SE VOCÊ É HOJE TESTEMUNHA DE JEOVÁ (PERÍODO DE FRED FRANZ DE 1977–?) VOCÊ ESTÁ NA VERDADE SE CRER QUE:


  • Os bebês que nasceram em 1914 estão com 70 anos?
  • Os bebês nada tem a ver com o Armagedom porque as crianças nascidas em 1914 não tinham percepção suficien­te para ver o “sinal” da presença de Cristo?
  • Que qualquer pessoa que quiser escapar da destruição do Armagedom deve vir para a organização de Deus – A Torre de Vigia ?
  • Que uma “geração” não tem tempo definido como estabelece o Sl 90.10 podendo ultrapassar 70 ou 80 anos?
  • Que a tradução de Johannes Greber que serviu de base para a tradução de Jo 1.1 “… e a Palavra era Deus”‘ pela Tradução do Novo Mundo não seria mais utilizada pelo Corpo Governante por estar Johannes Greber ligado ao espiritismo?
  • Que os jovens em idade de alistamento militar devem tomar suas providencias para esse alistamento?
  • Que é ser vítima de fraude dirigir-se a Deus pelos títulos Deus, Altíssimo, Senhor, Todo-poderoso, Pai?
  • Que os 144.000, juntamente com Cristo, durante o milênio, terão um poder nunca outorgado a qualquer outro governo – o de perdoar os pecados dos que viverem na terra?

TESTE FINAL

Como podemos saber se estamos seguindo corretamente o Cristianismo? Faça a você mesmo as seguintes perguntas:
  • Quem está controlando minha vida?
  • Amo eu a todo o povo ou somente os da minha Sociedade?
  • Sou eu um agente livre moral?
  • Em algum assunto sobre algo duvidoso obtenho minha solução da Bíblia ou tenho que indaga-la do “servo de congregação”?
  • Quanto tenho que obedecer a tal líder?
  • Estaria disposto a sacrificar a vida de um dos meus filhos ou paren­tes por causa da “verdade” embora não creia realmente nisso?
  • Que é preciso fazer para ser salvo: quantas horas de trabalho de campo para escapar do perigo do Armagedom?
  • Se minha religião não tem sido verdadeira, com qual igreja poderia unir-me?
  • Estou sendo perseguido por defender interesses de Cristo ou da minha Organização Religiosa?
  • Estou preso a leis, ritos humanos ou divinos?
  • É Cristo meu único e suficiente Salvador ou preciso do trabalho sacerdotal de 144.000 pessoas com Ele?

Fonte: CACP

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

POLÍTICA SOCIAL Vergonha para os baianos: dos 100 piores municípios para se viver em todo país, quase metade desses estão no estado da Bahia

Foto: Jucuruçu, no extremo sul da Bahia, é citado na lista Quatro em cada dez cidades brasileiras consideradas as piores para se viver ficam na Bahia. A informação é baseada em um relatório divulgado anualmente pela Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan), que considera um índice similar ao IDH-M (Índice de Desenvolvimento Humano Municipal, que avalia longevidade, educação e renda da população) da Organização das Nações Unidas. O Índice Firjan de Desenvolvimento Municipal (IFDM) acompanha o desenvolvimento socioeconômico de todos os mais de 5 mil municípios brasileiros também em três áreas de atuação: emprego e renda, educação e saúde. O índice varia de 0 (mínimo) a 1 ponto (máximo) e quanto mais próximo de 1, maior o desenvolvimento da localidade. De acordo com os dados da Firjan, 55,2% do total das cidades possuem desenvolvimento moderado, e 1,9% (106 cidades) estão com baixo desenvolvimento, ou seja, abaixo de 0,4. Apenas 332 cidades (6% do total) possuem alto d

Mais um que apoia o Partido das Trevas: Pastor Daniel Elias da Assembleia de Deus vira garoto propaganda do PT para atrair evangélicos

O pastor é uma das armas do PT para se infiltrar nas igrejas evangélicas Pastor Daniel Elias (Reprodução) A nova estratégia do PT (Partido dos Trabalhadores), para ter um melhor desempenho nas eleições municipais de 2020, é a aproximação dos evangélicos. A pedido do ex-presidente Lula, o partido está criando núcleos evangélicos nos estados para tentar conquistar a classe evangélica que já provou que pode fazer a diferença nas urnas. Uma das armas do PT para se infiltrar nas igrejas é o pastor da Assembleia de Deus de Duque de Caxias RJ, Daniel Elias. O líder religioso é militante do PT e discípulo fiel de Lula. Há um ano ele virou notícia em todo país quando viajou até Curitiba, no Paraná, para realizar um ato profético em favor do ex-presidente que estava preso na carceragem da Polícia Federal (PF). Daniel Elias, de 38 anos, ungiu o cadeado do portão da sede da PF. O pastor admite que a articulação enfrenta dificuldades.  “O grupo ligado à direita chegou primeiro

Quem são os 7 pastores mais respeitados do Mundo; Saiba agora

Não é uma tarefa tão fácil escolher entre tantos o 7 pastores mais respeitados do Brasil. Com certeza alguém poderá ficar de fora, outra questão é escolher entre as tantas linhas religiosas que existem Não é uma tarefa tão fácil escolher entre tantos o 7 pastores mais respeitados do Brasil. Com certeza alguém poderá ficar de fora, outra questão é escolher entre as tantas linhas religiosas que existem. Outra pergunta é: Ele é tão bom, se é! Por que é? Ou é escolhido bom apenas pela sua fama? Muitas vezes o bom é aquele que contraria as multidões, mas o bom pode também estar entre as multidões, “Não devemos esquecer que por se tratar da Palavra de Deus, o discurso do pregador deve ser embasado nas Escrituras sempre” então fica ai minha dica e junto também uma de suas mensagem. No VÍDEO abaixo você vai conferir os nomes dos pastores que o Brasil inteiro conhece. São pastores de grandes ministérios que contem números altos de fieis sobre a presença de Deus. Hoje nas