Notícias do Mundo Inteiro

Header Ads

Brasil oferece ajuda humanitária ao Líbano após explosões



Após das declarações de solidaridade do Brasil ao Líbano devido às explosões que deixaram 137 mortos e mais de 5 mil feridos em Beirute, o presidente Jair Bolsonaro afirmou que enviará ajuda humanitaria ao país do Oriente Médio.
Em um evento o presidente informou que teve uma conversa com o embaixador do Líbano no BrasilJoseph Sayah.
A “ajuda concreta” citada por Bolsonaro será apresenta en forma de alimentos e remédios os quais serão transportados em um avião da Força Aérea Brasileira.
Nos próximos dias o avião será enviado com alimentos não perecíveis, insumos médico-hospitalares e material de construção para o Líbano, segundo Rubens Hannun, presidente da Câmara de Comércio Árabe-Brasileira.
“Esse tipo de ajuda é essencial para o atendimento aos feridos na tragédia que aconteceu em Beirute e na reconstrução das estruturas danificadas”, diz Hannun.
Brasil tem a maior comunidade libanesa fora do Líbano, são 12 milhões de libaneses no Brasil e 4,5 milhões no Líbano e mais de 12 mil brasileiros vivem no Líbano.
Nesta terça-feria, o presidente usou sua conta no Twitter para postar a mensagem de solidariedade ao povo libanês.
“Profundamente triste com as cenas da explosão em Beirute. O Brasil abriga a maior comunidade de libaneses do mundo e, deste modo, sentimos essa tragédia como se fosse em nosso território. Manifesto minha solidariedade às famílias das vítimas fatais e aos feridos”, escreveu Bolsonaro.
“O Brasil está solidário, manifestamos nossos sentimentos ao povo libanês. E estaremos presente nessa ajuda para o povo que tem milhões dos seus dentro do nosso país”, acrescentou o presidente.
Até esta quinta-feira, os feridos passaram de 5.000 e há pelo menos 137 mortos. Familiares de pessoas que desapareceram após as explosões procuram seus parentes em meio aos escombros.
DEIXE SEU COMENTÁRIO E  SIGA NO NOSSO SITE

Postar um comentário

0 Comentários