Notícias do Mundo Inteiro

Header Ads

Padre deseja morte aos que não vão à igreja durante a pandemia

Um padre durante a missa desejou a morte dos fiéis que não vão à igreja durante a pandemia.

“Espero que não apareça vacina para essas pessoas, ou que morram antes de que chegue”, afirmou durante uma comemoração transmitida em vivo pela paróquia e anunciada nas mídias sociais.

Segundo padre Antônio Firmino Lopes Lana, da paróquia de São João Batista, as pessoas que não integram o grupo de risco não deveriam faltar à missa.
“Vamos vendo quem realmente ama a eucaristia. Porque tem alguns católicos, engraçado, que têm saúde, têm tudo e dizem: `Eu só vou na igreja quando tiver uma vacina´. Espero que não apareça vacina para essas pessoas, ou que morram antes de a vacina chegar, não é?”, afirmou o padre.
E continuou: “Porque tem pessoas que não têm problema nenhum, que não estão no grupo de risco. Isso significa que não têm fé, essas pessoas “.

Reacções após as declarações

As declarações do padre provocou a indignação de muitas das pessoas que frequentam a sua paróquia. “Participar de uma missa onde o padre deseja a morte das pessoas durante o distanciamento social? Sai fora! Querido padre, são milhares de mortos no Brasil e milhões no mundo!” comentou uma mulher na página do Facebook da igreja.
“Como se pode realizar uma missa desejando a morte? É um absurdo!” afirmou outra.
Devido aos comentários, o padre publicou um vídeo no Facebook onde pediu desculpa pelo seu «comentário infeliz» e assegurou que «aqueles que o conhecem sabem que ele defende a vida».
https://twitter.com/GeorgePlural/status/1297936547325579266?s=20

Postar um comentário

0 Comentários