Pular para o conteúdo principal

Militantes ligados ao Estado Islâmico mataram quatro cristãos em uma comunidade remota na ilha de Sulawesi, na Indonésia

 

Autoridades disseram no sábado (28) que uma das vítimas foi decapitada e outra queimada até a morte.


Na manhã de sexta-feira (27), cerca de oito homens com espadas e armas de fogo emboscaram o vilarejo de Lembantongoa, no centro da ilha, incendiando casas e uma igreja, segundo a polícia.

Os quatro cristãos mortos eram membros do Exército de Salvação, informou a BBC News nesta terça-feira (1°). A organização cristã confirmou a morte de seus membros em nota, lamentando o massacre.

Erik A. Kape, coordenador do Exército de Salvação em Palu, disse os homens que foram vítimas do ataque faziam parte da pequena igreja do Exército de Salvação na vila. «A congregação consiste em 12 famílias, com cerca de 40 pessoas. Eles fazem cultos todas as semanas e escola dominical para as crianças de lá», disse ele ao Jakarta Globe.

O Exército da Indonésia mobilizou nesta terça uma força especial para se juntar à polícia na caça aos terroristas envolvidos no ataque. A suspeita é que os homens sejam membros do Mujahedins do Leste da Indonésia (MIT), um grupo terrorista que opera no país e jurou lealdade ao EI.

A Indonésia, maior nação de maioria muçulmana do mundo, tem sido palco da militância islâmica e frequentes ataques terroristas. Segundo o pesquisador Andreas Harsono, da Human Rights Watch, «este ataque é outra escalada séria contra a minoria cristã na Indonésia», declarou à Reuters.

A igreja do Exército de Salvação estava vazia no momento do ataque. «As pessoas estavam em suas casas quando isso aconteceu», disse o chefe da polícia de Sigi, Yoga Priyahutama.

Rifai, chefe da aldeia de Lembantongoa, disse à AFP que uma vítima foi decapitada e outra teve a garganta cortada. Um deles foi esfaqueado, enquanto um outro foi queimado vivo em sua casa.

«Alguns moradores conseguiram escapar, mas as vítimas não conseguiram», disse Rifai.

Yusak Tampai, líder do Exército de Salvação na Indonésia, incentivou os cristãos da região a «permanecerem calmos, mas alertas e atentos, espalhando uma forte mensagem de esperança e se unindo em oração para fortalecer uns aos outros».

Deixe seus comentários
Fonte: Bíbliatodo Notícias



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

POLÍTICA SOCIAL Vergonha para os baianos: dos 100 piores municípios para se viver em todo país, quase metade desses estão no estado da Bahia

Foto: Jucuruçu, no extremo sul da Bahia, é citado na lista Quatro em cada dez cidades brasileiras consideradas as piores para se viver ficam na Bahia. A informação é baseada em um relatório divulgado anualmente pela Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan), que considera um índice similar ao IDH-M (Índice de Desenvolvimento Humano Municipal, que avalia longevidade, educação e renda da população) da Organização das Nações Unidas. O Índice Firjan de Desenvolvimento Municipal (IFDM) acompanha o desenvolvimento socioeconômico de todos os mais de 5 mil municípios brasileiros também em três áreas de atuação: emprego e renda, educação e saúde. O índice varia de 0 (mínimo) a 1 ponto (máximo) e quanto mais próximo de 1, maior o desenvolvimento da localidade. De acordo com os dados da Firjan, 55,2% do total das cidades possuem desenvolvimento moderado, e 1,9% (106 cidades) estão com baixo desenvolvimento, ou seja, abaixo de 0,4. Apenas 332 cidades (6% do total) possuem alto d

Mais um que apoia o Partido das Trevas: Pastor Daniel Elias da Assembleia de Deus vira garoto propaganda do PT para atrair evangélicos

O pastor é uma das armas do PT para se infiltrar nas igrejas evangélicas Pastor Daniel Elias (Reprodução) A nova estratégia do PT (Partido dos Trabalhadores), para ter um melhor desempenho nas eleições municipais de 2020, é a aproximação dos evangélicos. A pedido do ex-presidente Lula, o partido está criando núcleos evangélicos nos estados para tentar conquistar a classe evangélica que já provou que pode fazer a diferença nas urnas. Uma das armas do PT para se infiltrar nas igrejas é o pastor da Assembleia de Deus de Duque de Caxias RJ, Daniel Elias. O líder religioso é militante do PT e discípulo fiel de Lula. Há um ano ele virou notícia em todo país quando viajou até Curitiba, no Paraná, para realizar um ato profético em favor do ex-presidente que estava preso na carceragem da Polícia Federal (PF). Daniel Elias, de 38 anos, ungiu o cadeado do portão da sede da PF. O pastor admite que a articulação enfrenta dificuldades.  “O grupo ligado à direita chegou primeiro

Quem são os 7 pastores mais respeitados do Mundo; Saiba agora

Não é uma tarefa tão fácil escolher entre tantos o 7 pastores mais respeitados do Brasil. Com certeza alguém poderá ficar de fora, outra questão é escolher entre as tantas linhas religiosas que existem Não é uma tarefa tão fácil escolher entre tantos o 7 pastores mais respeitados do Brasil. Com certeza alguém poderá ficar de fora, outra questão é escolher entre as tantas linhas religiosas que existem. Outra pergunta é: Ele é tão bom, se é! Por que é? Ou é escolhido bom apenas pela sua fama? Muitas vezes o bom é aquele que contraria as multidões, mas o bom pode também estar entre as multidões, “Não devemos esquecer que por se tratar da Palavra de Deus, o discurso do pregador deve ser embasado nas Escrituras sempre” então fica ai minha dica e junto também uma de suas mensagem. No VÍDEO abaixo você vai conferir os nomes dos pastores que o Brasil inteiro conhece. São pastores de grandes ministérios que contem números altos de fieis sobre a presença de Deus. Hoje nas