Notícias do Mundo Inteiro

Header Ads

Instagram irá monitorar e censurar conversas privadas dos usuários

 Brehnno Galgane



A Big Tech Instagram resolveu avançar na censura e anunciou que passará a monitorar conversas privadas dos usuários (Direct Messages) com o objetivo de “combater o discurso de ódio”. A informação foi divulgada através de um comunicado da plataforma, na última quarta-feira (10).

“Atualmente, quando alguém envia DMs que quebram as nossas regras, proibimos essa pessoa de enviar mais mensagens durante um determinado período de tempo. Agora, se alguém continuar a enviar mensagens violadoras, desativaremos a sua conta”, garantiu a Big Tech.

A plataforma também acrescentou que irá desativar “novas contas criadas para contornar as nossas restrições de envio de mensagens, e continuaremos a desativar as contas que forem criadas apenas para enviar mensagens abusivas”.

A plataforma não deixa claro como fará a censura, visto que as conversas são privadas. Entretanto, afirma que está desenvolvendo uma nova ferramenta que executará o serviço.

“Atualmente, estamos trabalhando em uma nova funcionalidade concebida para ajudar nesta mesma questão, a qual irá incorporar o feedback da nossa comunidade. Esperamos lançá-lo nos próximos meses”, finalizou o Instagram.

Entrando em vigor, o Instagram seguirá a mesma linha de seus parceiros Facebook, WhatsApp e Twitter. As duas primeiras plataformas têm em comum o gerenciamento de Mark Zuckerberg, que vem tomando uma série de medidas, com a desculpa de “discurso de ódio”, contra a liberdade de expressão dos usuários.

Fonte: Terça Livre


Postar um comentário

0 Comentários