sábado, 13 de março de 2021

PCCh pressiona OMS para implementar sistema global chinês de ‘passaporte de vacinação’

 O mundo está preparado para o anticristo

Xi Jinping, o ditador comunista da China

O Partido Comunista da China pressionou a Organização Mundial da Saúde (OMS) na última terça-feira (9) para implementar globalmente o seu sistema de “passaporte de vacinação”, já em uso doméstico na China desde quarta-feira (10).

Segundo o pedido feito à OMS, o PCCh quer construir e administrar um banco de dados global para “passaportes de vacinas”, documentando se todas as pessoas na Terra receberam uma vacina contra o vírus chinês.

“Especialistas chineses observaram na terça-feira que a China pode ajudar compartilhando sua experiência e fornecendo suporte técnico à OMS para organizar a questão”, disse o China’s Global Times , um jornal de propaganda estatal.

“Já que a China é o país com mais experiência no uso de um sistema de código de saúde no mundo, a OMS é o organizador mais adequado para garantir independência, justiça e segurança de dados”, acrescentou a mídia estatal, pressionando a OMS a fazer uma parceria com o PCCh.

“Em termos de tecnologia, acredito que as empresas chinesas podem construir uma plataforma internacional em apenas uma semana”, afirmou um dos especialistas do PCCh.

“A OMS pode traçar as regras, procedimentos e formato dos dados. A China está muito disposta a fornecer suporte para compartilhar experiências e técnicas na criação de tal plataforma, já que o país tem uma rica experiência nisso”, acrescentou o especialista.

O sistema chinês identificaria quem já foi vacinado. Caso ainda não tenha recebido a vacina, o cidadão é impedido de viajar.

Fonte: Terça Livre

Nenhum comentário: